Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/07/2004 16:28

Produtores reclamam que faltam recursos para a pecuária

Famasul

O Lançamento do plano safra 2004/2005 frustrou os pecuaristas de Mato Grosso do Sul. Do total de recursos liberados (1 bilhão e 400 milhões), pouco é destinado a pecuária. Somente uma operação de investimento no FCO (Fundo Constitucional da Centro Oeste) será viabilizada.


O plano contempla o programa de Retenção de Matrizes no Pantanal, para fêmeas bovinas com idade de 12 a 36 meses, cujo financiamento pode conceder prazo de até oito anos, incluída a carência de até quatro anos. O objetivo desse recurso é incentivar, viabilizar e/ou consolidar o desenvolvimento da bovinocultura de corte na Planície Pantaneira.


Segundo a diretor secretário da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Ademar Silva Júnior, o recurso destinado é muito pequeno para a pecuária sul-mato-grossense, que tem se mostrado extremamente competente na produção de carne. "O produtor tem feito seu dever de casa, tem investido em sanidade, genética, gestão da propriedade. Mesmo assim, não é lembrado, ou pouco citado num plano desse porte", disse.


Ademar ainda ressalta que mesmo bancando cerca de 90% do custeio da sanidade, o criador produz uma carne nobre para a exportação e coloca no mercado interno um produto de qualidade e a preços acessíveis. "A contrapartida das instituições financeiras e do governo federal é muito pequena. Parece que o crédito do setor agropecuário está ficando só com a agricultura", afirma.


Do montante, R$ 950 milhões serão destinados para custeio agrícola e pecuário, R$ 400 milhões para investimento e R$ 50 milhões para comercialização. Em todo o País, o Banco deverá aplicar R$ 16,7 bilhões em financiamentos para custeio ou comercialização, e mais R$ 4,8 bilhões em crédito para investimento na agricultura empresarial.


Autor:
Adriana Molina

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)