Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/11/2005 14:15

Produtores pedem benefícios fiscais ao governo de MS

Marina Miranda / Campo Grande News

Os produtores de Mato Grosso do Sul querem benefícios fiscais do governo para facilitar o escoamento do gado. O pedido será formalizado em reunião às 16h entre o presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Leôncio de Souza Brito Filho, o secretário de Estado de Receita e Controle, José Ricardo Cabral, e o superintendente de Administração Tributária, Gladiston Amorin. Uma das alternativas seria a redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), que gira em torno de 12% para o boi em pé, alíquota considerada salgada pela categoria. Recentemente, Mato Grosso reduziu o percentual de 12% para 3%, situação que a Famasul pretende repetir em Mato Grosso do Sul.

Perdas - Com a confirmação de febre aftosa no sul do Estado, os produtores estão preocupados com a queda do preço e da comercialização, além das restrições sanitárias – o que colabora para a superlotação das pastagens e pode provocar queda também no ganho de peso dos animais. Conforme dados da federação, a previsão é que no mês de janeiro o Estado tenha 6 milhões de bezerros desmamados, sem contar boi e vaca magra. Mês passado, a queda na taxa de abate foi de 55%, com redução de abate de 183.450 animais, se comparado ao mês de setembro, quando foram abatidos 323.133 animais. Em outubro, a arrecadação estadual ficou R$ 25 milhões abaixo do esperado, cerca de R$ 830 mil em perdas diárias. “A famasul quer aumentar a arrecadação do Estado conjuntamente ao aumento do fluxo de animais para fora do Estado. Nós precisamos de investimentos em nossas pastagens, além de estratégias de incentivos à comercialização e manutenção dos preços a patamares que sejam favoráveis para todos os segmentos”, disse Brito, em texto enviado por sua assessoria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)