Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/02/2004 06:59

Produtores goianos de leite conseguem novo comprador

Mapa Imprensa

A Cooperativa de Leite Itambé passou a receber, no Estado de Goiás, 40 mil litros de leite por dia dos produtores que antes forneciam para a Parmalat. A informação foi transmitida ontem ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, pelo presidente da empresa, José Pereira. “É difícil aumentar este volume por causa da área distante da captação. Além disso, nossa capacidade industrial está totalmente ocupada neste momento”.

Pereira informou que o ministro Rodrigues renovou o pedido para que a Itambé participasse mais ativamente no recebimento de leite dos fornecedores da Parmalat. “Vamos ajudar a salvar os produtores para não destruir a cadeia produtiva do leite, mas nós estamos fazendo o que está ao nosso alcance”. Para ele, é mais do que natural que outras empresas venham substituir o abastecimento feito pela Parmalat, principalmente de leite longa vida.

O presidente da Itambé disse que foram liberados hoje recursos da ordem de R$ 6 milhões para estocagem e 500 toneladas de leite em pó. Segundo ele, a demanda da cooperativa por EGF (Empréstimos do Governo Federal) é de R$ 18 milhões.

Emprego - Pereira Itambé comunicou também ao ministro que a cooperativa vai implantar uma nova unidade industrial, em Minas Gerais ou em Goiás. Com investimentos de R$ 180 milhões, a fábrica de leite em pó e leite condensado vai gerar de imediato 400 postos de trabalho. Trata-se de um projeto em que o BNDES participaria temporariamente com 30% do capital e no decorrer do funcionamento o banco sairia da sociedade.

Segundo Pereira, a Itambé é um das maiores indústrias de laticínios do país, primeira em capital nacional. A linha de produtos da empresa é composto por cerca de 150 itens. A cooperativa reúne hoje cerca de 7 mil fornecedores de leite nos estados de Goiás, Minas Gerais e Distrito Federal. “Nossos produtos estão presentes em todo o território nacional e, em Minas Gerais, ocupamos o primeiro lugar na preferência dos consumidores”.





Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)