Cassilândia, Quarta-feira, 29 de Janeiro de 2020

Últimas Notícias

09/12/2019 15:30

Produtores fecham plantio da soja com atraso de duas semanas no Estado

Campo Grande News

Com atraso de 14 dias em relação ao ano passado, a safra de soja de Mato Grosso do Sul está 100% plantada. A semeadura terminou no dia 6, segundo dados do Siga/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio). A expectativa de produção foi mantida em 9,9 milhões de toneladas está mantida.

Os números foram apresentados pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de MS) ao secretário Jaime Verruck, titular da Semagro (Secretaria Estadual Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), em reunião hoje (09), e alertam para a incidência de pragas e o milho segunda safra.

Segundo o levantamento ainda não foram registrados focos de ferrugem asiática no Estado, mas foram detectadas incidências no Paraná, em região próxima a Mato Grosso do Sul. Isso reforça o alerta de caráter permanente e preventivo para a ocorrência de pragas com o andamento da safra. O Siga/MS fará em janeiro o levantamento de uso e ocupação do solo, para avaliar a safra.

A previsão de 3,163 milhões de hectares foi mantida mesmo com o atraso, com crescimento de 6%, produção em 9,9 milhões de toneladas, e produtividade média de 52,19 sacas por hectare.

Milho – O atraso no cultivo da soja devido as condições climáticas irá impactar a segunda safra de milho, conhecida como safrinha. “No ano passado 70% da área de soja recebeu milho, nesse ano já esperamos um nível de comprometimento da área a ser plantada e os preços em alto, devido ao baixo estoque no período de passagem”, explica o secretário Jaime Verruck.

Neste ano, as exportações de milho atingiram níveis históricos em Mato Grosso do Sul, com alta de 401%, bem como o consumo do grão, contribuindo para baixa quantidade de milho na passagem de uma safra para a outra. Em 2020 a expectativa é de que o consumo continue em alta, influenciado pela produção de bovinos, suínos e aves aquecida no Estado, o que deve afetar fortemente nos preços.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 28 de Janeiro de 2020
15:42
Maternidade
Segunda, 27 de Janeiro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)