Cassilândia, Sábado, 21 de Abril de 2018

Últimas Notícias

28/06/2005 15:22

Produtores devem R$ 35 bi para setor público, diz CNA

O chefe do departamento econômico da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Getúlio Pernambuco, calculou que as dívidas dos agricultores com o setor público somam R$ 35 bilhões. Esse valor considera o estoque da dívida, ou seja, o total acumulado desde o Plano Real, nas linhas do Programa Especial de Sanemanto de Ativos (Pesa), securitização e fundos constitucionais. Pernambuco disse, no entanto, que parte dessas dívidas já foi paga pelos agricultores.

Ele defendeu a rolagem parcial dos financiamentos que não foram pagos. "É necessário o parcelamento ou a renegociação das dívidas dos dois últimos anos-safra. Não estamos pedindo a renegociação total dos débitos", afirmou. Ele lembrou que os débitos foram acrescidos de juros, o que elevou o total da dívida. Pernambuco pediu também a liberação de recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para que os produtores quitem suas dívidas junto aos agentes privados.

O governo autorizou a liberação de R$ 1 bilhão para pagamentos dessas dívidas para produtores de regiões que foram prejudicados pela seca. A CNA pede um aporte adicional de R$ 5 bilhões para os agricultores que têm hoje problema para comercializar sua safra.

A organização da manifestação que acontece nesta terça-feira em Brasília corrigiu o dado sobre a presença de produtores no tratoraço. Hoje, segundo os organizadores, 8 mil agricultores estão em Brasília e amanhã, quando acontece o ponto alto do protesto, 20 mil agricultores ocuparão a Esplanada dos Ministérios.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 21 de Abril de 2018
Sexta, 20 de Abril de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)