Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/04/2007 16:58

Procurador defende expansão do Ministério Público

Agência Câmara

O presidente do Conselho Nacional do Ministério Público, Antonio Fernando Souza, defendeu há pouco a expansão do MP, durante reunião na Câmara Federal. Ele explicou que o aumento de varas de Justiça, principalmente nas cidades do interior, tem dificultado o acompanhamento dos processos pelo integrantes do Ministério Público.

Souza participa da audiência pública promovida pela Comissão Especial de Limite de Despesa com Pessoal, que analisa o Projeto de Lei Complementar 1/07, do Executivo. O projeto limita a despesa com pessoal e encargos sociais para cada Poder e órgãos da União ao valor liquidado no ano anterior, corrigido pela variação acumulada do INPC, entre 2007 e 2016. O projeto faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Para o procurador, o PLP 1/07 cria uma dificuldade a mais no processo de expansão do Ministério Público e da Justiça, na medida em que o administrador ficará limitado à inflação mais uma expansão de 1,5% anual.

Souza ressaltou que o acesso à Justiça não significa apenas a criação de novos órgãos jurisdicionais (tribunais e varas). Segundo ele, esse aumento deve vir acompanhado de novos órgãos do Ministério Público e da Defensoria Pública.

Contingenciamento
O procurador também criticou o contingenciamento das verbas do MP, que, segundo ele, neste ano foi 300% maior que no ano passado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)