Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/06/2016 07:15

Procura pela CNH tem queda de 30% e sindicato fala em mais 'clandestinos' na rua

Midiamax

'Pague somente quando pegar', 'parcele em até doze vezes no cartão de crédito', 'traga um amigo e ganhe desconto'. Em tempos de crise, autoescolas de Campo Grande têm entrado em uma verdadeira disputa para atrair clientes e não ficar no prejuízo. Os números explicam isso: com o País em crise, a procura pela primeira CNH (Carteira Nacional de Habilitação) caiu mais de 30% no Estado.

De acordo com o SindCFCMS (Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do Estado do Mato Grosso do Sul), somente entre 2014 e 2015 a procura pela primeira carteira caiu de 4,5 mil para 3,1 mil,

Se é ruim para os centros de formação, o dado representa também, maior risco de clandestinidade.“Temos percebido que as pessoas não querem fazer compromisso e acabam caindo no erro de dirigir à maneira delas”, afirma o presidente do Sindicato, Wagner Prado. Segundo ele, em média uma CNH sai por R$ 1,8 mil, ou seja, mais de dois salários mínimos, se for só a categoria B, para dirigir carro. Se o motorista incluir a carteira para pilotar moto, esse valor passa de R$ 2 mil.

Com o orçamento apertado, muitos preferem não fazer esse compromisso por ora. Douglas Parizotto, diretor de ensino da auto escola San Marino, conta que na unidade onde trabalha houve uma queda de aproximadamente 40% na procura de interessados na primeira via da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). A crise é a principal justificativa para aqueles que optam por adiar a conquista

A saída foi apelar para as promoções. “Com a queda do movimento adotamos parceria ainda maior com o aluno, além disso, ressaltamos sempre a importância de se ter a carteira de motorista que é um documento importante, inclusive exigido em alguns concursos públicos”, revela.

Mais caro

Desde o mês de janeiro deste ano, o Detran (Departamento Estadual de Trânsito) exige que novos motoristas façam aulas em simuladores. Por esse motivo, o valor a ser pago por uma carteira de motorista sofreu aumento médio de R$ 300.

Assim, para aqueles que desejam estar aptos a dirigir carros e motocicletas, o investimento a ser feito é de em média R$ 2.148.

“A situação está bem difícil. A gente tira dinheiro daqui, arranja dali, tudo pra dar um jeito de fazer, afinal, é um investimento pra vida e traz praticidade”, relata a assistente administrativo Vânia Salete, de 18 anos.

Vânia não se enquadra na lista das pessoas que resolveram deixar a habilitação para um outro momento. Contudo, para isso, enfrentou uma verdadeira peregrinação até decidir dar entrada no processo de habilitação. “Eu pesquisei valores, melhores lugares e condições. Por fim, juntei um dinheiro e decidi pagar tudo à vista pra evitar o acúmulo de parcelas”, conta.

O Detran foi procurado, mais de uma vez, para falar sobre o assunto, mas não se manifestou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)