Cassilândia, Sábado, 29 de Abril de 2017

Últimas Notícias

18/05/2007 18:38

Prisão:CJF aprova recomendação de cautela para mandados

STJ

Porto Alegre (RS) – O Conselho da Justiça Federal (CJF) irá solicitar ao Fórum de Corregedores-Gerais da Justiça Federal que elabore norma para impor aos juízes dever de explicitar limites ao cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão. A proposta, apresentada ao Conselho pelo coordenador-geral da Justiça Federal, ministro Fernando Gonçalves, foi aprovada por unanimidade.

A proposição foi motivada pelos acontecimentos recentes, nos quais diversos mandados de prisão cautelar e de busca e apreensão foram cumpridos pela Polícia Federal contra agentes públicos. A sessão do CJF foi realizada nesta sexta (18), no plenário do Tribunal Regional Federal da 4a Região, em Porto Alegre.

O objetivo, de acordo com o ministro Fernando Gonçalves, é evitar a exposição desnecessária do investigado e prevenir potenciais danos à imagem da Justiça. “Algumas ações policiais, em cumprimento das determinações ou autorizações que lhes são dirigidas têm sido feitas em flagrante incompatibilidade com os seus riscos e com grande alarido, inclusive pela mídia”, observou o coordenador-geral. Os juízes que expedem essas medidas, para o ministro, devem estabelecer regras que previnam os abusos.

O presidente Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Raphael de Barros Monteiro Filho, também presidente do CJF, apoiou a recomendação, que no seu entendimento tem a finalidade de preservar a integridade moral das instituições envolvidas. “Há que se ter em conta a dignidade das pessoas e também das instituições às quais pertencem”.


Autor(a):Imprensa | CJF
Esta página foi acessada: 638 vezes

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 29 de Abril de 2017
Sexta, 28 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)