Cassilândia, Terça-feira, 25 de Junho de 2019

Últimas Notícias

12/06/2019 13:30

Primeiro lote de restituição do IR paga R$ 66,9 milhões para 29,6 mil em MS

Campo Grande News

Com consulta aberta na última segunda-feira, o primeiro lote de restituição do IRPF (Imposto sobre a Renda da Pessoa Física) 2019 beneficia 29.668 contribuintes de Mato Grosso do Sul. De acordo com a Receita Federal, serão distribuídos R$ 66.980.091,91 nesta cota, que contempla restituições residuais dos exercícios de 2011 a 2018.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na Internet ou ligar para o serviço de atendimento telefônico da instituição, no número 146.

A restituição fica disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse período, deve requerer online o “Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição”, ou diretamente no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte), no serviço “Extrato do Processamento da DIRPF”.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte precisa contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a central de atendimento por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

O extrato da declaração está disponível na consulta, onde o contribuinte também pode conferir se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Neste caso, há a possibilidade de entregar declaração retificadora e fazer a autorregularização.

Consulta às declarações do IRPF, informações sobre liberação da restituição e situação cadastral no CPF podem ser feitas também via aplicativo da Receita, disponível para tablets e smartphones.

De acordo com a Receita Federal, 2,5 milhões de contribuintes que declararam IRPF neste ano vão receber dinheiro do Fisco. Ao todo, serão desembolsados R$ 4,99 bilhões do lote deste ano.

A Receita também vai pagar R$ 109,6 milhões a 20.087 mil contribuintes que fizeram a declaração entre 2008 e 2018, mas estavam na malha fina. Considerando os lotes residuais e o pagamento de 2019, o total gasto com as restituições chegará a R$ 5,1 bilhões para 2.573.186 contribuintes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 25 de Junho de 2019
09:00
Santo do Dia
Segunda, 24 de Junho de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)