Cassilândia, Sexta-feira, 28 de Abril de 2017

Últimas Notícias

16/04/2017 06:40

Primeira juíza muçulmana dos EUA é encontrada morta em Nova York

Midiamax

A primeira mulher muçulmana a obter o cargo de juíza nos Estados Unidos foi encontrada morta no rio Hudson, em Nova York, na tarde de quarta-feira, 12 de abril, de acordo com informações da polícia. O corpo de Sheila Abdus-Salaam, de 65 anos, estava flutuando no rio quando as autoridades receberam uma ligação de alerta. Ao chegar ao local, a polícia retirou a mulher – completamente vestida – da água e comprovou sua morte.

O marido da juíza e seus familiares reconheceram o corpo. “Uma autópsia determinará a causa da morte”, informou um porta-voz da polícia. Segundo o New York Post, a família da juíza denunciou seu desaparecimento na manhã da mesma quarta-feira. 

Abdus-Salaam, nascida em Washington, se transformou na primeira mulher afro-americana nomeada à Corte de Apelações quando o então governador democrata Mario Cuomo a designou para o Tribunal Superior do Estado em 2013. Cuomo faleceu em 2015 e agora seu filho, Andrew Cuomo, ocupa o mesmo cargo. “A juíza Sheila Abdus-Salaam foi uma jurista pioneira que dedicou sua vida ao serviço público na busca de uma vida mais justa para todos em Nova York”, afirmou em um comunicado. E na sequência publicou uma mensagem de condolências no Twitter.

Abdus-Salaam aparece na enciclopédia Princeton de ‘História política americana’ como a primeira juíza muçulmana a servir nos tribunais norte-americanos. Formada pela Universidade de Barnard e pela faculdade de direito de Columbia, Abdus-Salaam começou sua carreira de advogada no Brooklin em 1991 ao mesmo tempo em que trabalhava como advogada auxiliar do Estado de Nova York, de acordo com o site da Corte de Apelações.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 28 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 27 de Abril de 2017
13:24
Cassilândia
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)