Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/08/2006 10:13

Previdência suspende 360 mil benefícios no Brasil

O Ministério da Previdência já recadastrou 10 milhões dos 17 milhões de aposentados e pensionistas no país, segundo informou nesta sexta-feira o ministro da área, Nelson Machado. Outros 360 mil benefícios foram suspensos pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).


O censo previdenciário começou em outubro do ano passado e termina em janeiro do ano que vem, dividido em duas etapas. Na primeira etapa, que começou em outubro de 2005, 2,4 milhões de aposentados foram convocados. Outros 14,7 milhões foram convocados em abril deste ano.


Mesmo aqueles que tiveram o benefício suspenso ainda podem comparecer na agência bancária onde possuem conta para reativá-lo. Basta apresentar CPF e documento de identidade e realizar o recadastramento.


O ministro preferiu não estimar a economia possível se os benefícios foram definitivamente cortados. Dos 360 mil suspensos, 60 mil são da primeira fase e 300 mil da segunda.


"O censo continua indo muito bem. Já fizemos o recenseamento de mais de 10 milhões de aposentados e pensionistas, do total de 17 milhões, com tranqüilidade e sem problemas", disse Machado. O ministro reforçou que o objetivo é atualizar os dados e endereços dos segurados "para oferecer uma melhor política pública e também coibir pagamentos indevidos".


O censo, de acordo com Machado, também provocou maior velocidade na suspensão de benefícios que perdem a validade, após a morte do segurado. "Nosso banco de dados já está atualizado e percebemos que o óbito é captado rapidamente", disse. Depois que o censo iniciou, e ainda na primeira fase, 45 mil benefícios foram suspensos após comunicação da família ou cartórios.


Outros 20 mil dos 2,4 milhões convocados na primeira fase tiveram problemas nos bancos e serão chamado para refazer o cadastro. O ministro disse que é um "número mínimo" diante dos convocados na primeira fase e "isso mostra a qualidade do censo".



Folhaonline

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)