Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/06/2005 07:49

Prevalência de amebíase em Belém (PA) é alta

Agência Notisa

Uma pesquisa mostra que quase 30% das fezes analisadas estavam infectadas pelo protozoário Entamoeba histolytica.

A amebíase, doença causada pelo protozoário Entamoeba histolytica, é considerada importante causa de morbi-mortalidade no homem. Esta parasitose apresenta ampla distribuição geográfica com alta prevalência em locais tropicais, onde as condições de higiene e educação sanitária são consideradas deficientes. No Brasil, a prevalência da doença é bastante variável nas diferentes regiões do país, podendo chegar a 40%. A situação é mais crítica em estados da região Norte, como no Pará, como mostram pesquisadores do Instituto Evandro Chagas.

De acordo com artigo publicado na edição de maio/junho de 2005 dos Cadernos de Saúde Pública, o objetivo do estudo foi verificar a freqüência da infecção por Entamoeba histolytica na região metropolitana de Belém. A pesquisa foi conduzida no período de junho de 1999 a abril de 2003, com 845 pessoas de ambos os sexos e diferentes faixas etárias, atendidas no Laboratório de Enteroparasitoses do Instituto.

Segundo a equipe, dos 845 pacientes, 495 tinham até 14 anos de idade e 350 mais do que 14 anos. Os pesquisadores constataram que 248 pessoas estavam com amebíase, que representa um porcentual de 29,35%. A presença da infecção por Entamoeba histolytica foi maior entre os mais velhos do que entre os mais novos.

Os cientistas explicam no artigo que, “na região Amazônica, as precárias condições sócio-econômicas, bem como a falta de saneamento básico na maioria das localidades fazem com que a prevalência de enteroparasitoses seja alta no local”. Dessa forma, eles alertam para a necessidade da adoção de medidas que reduzam o número de infecções. “No Pará, a amebíase é considerada um importante problema de saúde pública, visto que numerosos casos de formas invasivas, inclusive amebíase hepática, foram relatados”. Sendo assim, é importante que haja investimentos em saneamento básico, principalmente nos locais desprovidos de quaisquer medidas de higiene.



Agência Notisa (jornalismo científico - science journalism)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)