Cassilândia, Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

Últimas Notícias

28/12/2017 11:00

Pressão alta não escolhe candidatos

Gazeta Esportiva

A hipertensão é uma doença silenciosa, mas pode ser muito perigosa. Segundo dados de 2013 da Organização Mundial de Saúde (OMS), 9,4 milhões de pessoas morrem em decorrência de complicações da hipertensão por ano no mundo. Só no Brasil, mais de 24% da população brasileira sofre da doença, de acordo com pesquisas do Ministério da Saúde.

Mas afinal, o que é a hipertensão? A doença decorre da alta pressão que o sangue exerce para se movimentar nas artérias. Quando atinge um valor igual ou maior que 140/90 mmHg – ou 14 por 9 -, é necessário tomar medidas para controlá-la, já que a pressão alta pode acarretar infarto, derrame, insuficiência cardíaca, cegueira, falência dos rins, edema agudo pelo acúmulo de sangue no pulmão, crescimento do coração (miocardiopatia dilatada hipertensiva) e angina (dor no peito).

Segundo o cardiologista Dr. Hélio Castello, diretor da Angiocardio, é importante que sejam feitos exames até chegar ao diagnóstico final. “Apenas uma medição não é suficiente para que seja determinada a patologia”, afirma o médico. É natural que a pressão arterial varie durante o dia. “Ela cai quando estamos mais relaxados ou dormindo. É alterada por estresse, atividades físicas e também pela alimentação”, completa o especialista.

Pressão alta é uma doença democrática e por isso crianças, jovens, adultos e idosos podem sofrer desse mal. No Brasil, 14% da população de até 34 anos é atingida, sendo que o índice salta para 34,5% dos 45 aos 54 e para 50,4%, dos 55 aos 64 anos.

Embora os casos de hipertensão na infância sejam raros, é necessário que os pais fiquem atentos e meçam a pressão arterial das crianças ao menos uma vez por ano. O alerta fica para os filhos de pais hipertensos, que têm uma chance maior de desenvolver a doença.

Entre os idosos, a doença chega a atingir metade da população, pois, com o passar dos anos, ocorre um depósito de cálcio nos vasos sanguíneos, o que causa seu estreitamento, aumentando a pressão do sangue no seu interior.

Apesar de ser uma doença silenciosa, algumas pessoas, entretanto, podem sentir dores de cabeça, no peito, tonturas, zumbidos etc. É necessário ficar alerta aos fatores de risco que facilitam o seu surgimento, como o histórico da doença na família, ingestão de grande quantidade de bebida alcoólica, tabagismo, dislipidemia (excesso de gordura no sangue), obesidade, vida sedentária, estresse e alimentação com excesso de sal.

No dia 26 de abril, é celebrado o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão. Confira algumas dicas para se prevenir da doença:

Manter o peso ideal: a obesidade é uma das maiores aliadas da hipertensão;

Reduzir o sal (sódio) no preparo das refeições;

Tirar o saleiro da mesa;

Evitar temperos industrializados como caldo de carne, molho de soja;

Ter uma alimentação saudável, à base de frutas, verduras, legumes e cereais integrais;

Diminuir expressivamente o consumo de álcool ou, preferencialmente, não beber bebidas alcoólicas;

Parar de fumar: a nicotina provoca a contração dos vasos sanguíneos, o que força o coração a bater mais rapidamente, entre outros fatores;

Buscar momentos de lazer e tentar levar uma vida mais tranquila, pois o estresse é altamente nocivo;

Tomar os medicamentos corretos, prescritos pelo médico. A ideia central é não permitir que a pressão arterial ultrapasse os 12 por 8;

Praticar exercícios físicos: o sedentarismo contribui para a pressão alta, pois favorece o endurecimento das artérias.

Aqueles que sofrem de hipertensão precisam visitar o cardiologista pelo menos a cada seis meses, segundo o Dr. Hélio Castello. “Já as que têm pressão de até 12 por 8, considerada normal, devem ir ao cardiologista uma vez por ano. Vale lembrar também que 90% dos indivíduos com mais de 55 anos podem desenvolver hipertensão, mesmo aqueles que nunca tiveram pressão alta”, informa o médico.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 18 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Terça, 17 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Segunda, 16 de Julho de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)