Cassilândia, Quarta-feira, 29 de Março de 2017

Últimas Notícias

03/12/2009 18:02

Presos 27 em Mato Grosso por fraudes e venda de notas

Só Notícias

A Polícia Civil acaba de confirmar que vinte e sete pessoas, incluindo empresários, envolvidas em crimes contra a ordem tributária, formação de quadrilha, falsidade ideológica e corrupção foram presas, hoje, na operação "Mala Preta", coordenada pela Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública, com apoio da Secretaria Estadual de Fazenda. A justiça autorizou o cumprimento de 30 mandados de prisão temporária e 49 buscas e apreensões em empresas, escritórios comerciais e residências. A lista com nomes dos acusados não foi divulgada. Dos presos, 14 foram em Cuiabá e Várzea Grande. Há mandados de prisão para suspeitos em Rondonópolis, Sorriso, Sapezal, Paranatinga, Água Boa, Barra do Garças e Alto Araguaia, além de mandados de busca e prisão cumpridos nas cidades de Orlândia, Estado de São Paulo, Santa Rita do Araguaia, em Goiás.

O secretário de Segurança Pública, Diógenes Curado Filho, o secretário de Fazenda, Eder de Moraes, e o diretor geral da Polícia Judiciária Civil, José Lindomar Costa apresentam, esta tarde, o resultado da operação. Houve denúncias de fraudes na emissão de notas fiscais eletrônicas, referente a operações de vendas de milho e soja, entre os Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais e São Paulo.

A mesma denúncia apontava ainda que notas fiscais estariam sendo comercializadas, em média, por 5% do valor total do produto, em uma situação normal, mencionando também a existência de uma quadrilha, com ramificações que se estendem a outros Estados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 29 de Março de 2017
Terça, 28 de Março de 2017
21:41
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)