Cassilândia, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

15/12/2015 14:39

Preso por não combater dengue, empresário vai pagar fiança de R$ 2 mil

Redação
Terreno onde foram encontrados focos da dengue e zika (Foto: Fernando Antunes)Terreno onde foram encontrados focos da dengue e zika (Foto: Fernando Antunes)

O dono de uma empresa de conveniência, preso no final da manhã de hoje (15), por não combater a proliferação dos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e zika vírus, deverá pagar fiança de R$ 2 mil para ser solto. Ele será indiciado por crime ambiental, segundo o delegado Wilton Vilas Boas de Paula, titular da Decat (Delegacia de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista).

Segundo o delegado, o dono da loja , que não teve o nome divulgado pela polícia, foi preso em flagrante durante a operação de combate a dengue da Prefeitura de Campo Grande e Polícia Civil.

Ele teria sido notificado em duas ocasiões para limpar o terreno na Rua Antônio Maria Coelho, no Jardim Cabreúva. No entanto, as notificações, feitas em fevereiro e novembro deste ano, foram ignoradas.

Durante a fiscalização, na manhã de hoje, fiscais e policiais encontraram focos do mosquito da dengue no terreno. A polícia prendeu o empresário com base no artigo 54 da Lei de Crimes Ambientais, de 1998. Ele pode ser condenado a pena de um a quatro anos de reclusão.

Em depoimento, o empresário alegou que o imóvel está em nome da esposa. No entanto, segundo o delegado, ele é o responsável pela área. A esposa também será convocada para prestar esclarecimento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 18 de Janeiro de 2017
21:49
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Terça, 17 de Janeiro de 2017
23:53
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)