Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/04/2015 11:57

Preso por agenciar meninas pode revelar nomes de mais 10 políticos

Campo Grande News

O depoimento Fabiano Otero Viana, suspeito de integrar esquema de extorsão e exploração sexual de menores que envolve o vereador Alceu Bueno (PSL) e o ex-deputado estadual Sérgio Assis (PSB), deve revelar a participação de pelo menos mais dez políticos. Durante a manhã de hoje (27), ele fala com o delegado Paulo Sérgio Lauretto, da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

De acordo com o advogado Amilton Ferreira, a maioria destes novos nomes pode ter sido vítima. Ele explica que por meio de perfis falsos em redes sociais, outras pessoas se passavam pelas adolescentes aliciadas e tentavam contato com os políticos. Muitos deles nem respondiam já imaginando que se tratava de algo ilícito, enquanto que outros chegaram até a estender a conversa. “Vamos passar os nomes para a polícia e fica a cargo do delegado separar o joio do trigo”, explicou o advogado.

Além de Fabiano, preso por força de ordem judicial na tarde de ontem (26) na casa da mãe, no Bairro Santa Emília, também estão na cadeia o ex-vereador Robson Martins e o empresário Luciano Roberto Pageu, dono da empresa Grupo Altar. Estes foram autuados em flagrante por extorsão no dia 22, enquanto recebiam dinheiro de Bueno, no estacionamento de um supermercado.

O caso – O esquema passou a ser desvendado pela polícia a partir de um Boletim de Ocorrência, registrado pela mãe de uma das adolescentes, em Coxim. A menor foi encontrada dia 23 de março na casa de Fabiano, com outra menina de 15 anos, que revelou tudo a uma conselheira tutelar. Segundo a adolescente, ela saiu com o Alceu Bueno dias 21 e 22 de março.

Fabiano e Luciano teriam intermediado o encontro sexual que foi gravado. De posse das imagens, o grupo passou a extorquir o vereador para que o caso não se tornasse público. Cansado das chantagens e alegando inocência, Alceu denunciou às autoridades que prenderam Robson e Luciano enquanto eles recebiam R$ 15 mil junto ao vereador. Informações da polícia apontam que antes, a dupla já havia faturado cerca de R$ 100 mil com o esquema.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)