Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/07/2010 15:46

Preso pela PF por venda de diploma morre do coração

Campo Grande News/ Jorge Almoas

Uma das pessoas presas nesta semana pela PF (Polícia Federal) na Operação Formatura por participação no esquema de venda de diplomas falsos em sete cidades de Mato Grosso do Sul faleceu neste sábado por problemas cardíacos. O acusado foi preso em casa, onde também foram localizados documentos sobre o comércio dos certificados e 10 quilos de pedras preciosas.

Benito Franco foi preso em sua residência no bairro Recanto dos Pássaros, região oeste da Capital, na terça-feira (29), onde foram recuperados arquivos, documentos e comprovantes de pagamento pelos diplomas falsos emitidos pelo Idefor (Instituto de Desenvolvimento, Estudo e Formação de Mão de Obra de Mato Grosso do Sul), empresa pela qual era um dos responsáveis.

Após a captura, Benito sofreu uma parada cardíaca no caminho até a delegacia da PF e foi levado ao hospital, onde morreu por complicações causadas por problemas no coração. O enterro está marcado para às 15h30 no cemitério Jardim das Palmeiras, na Avenida Tamandaré.

Operação - A Operação Formatura cumpriu 59 mandados de busca e apreensão, sendo 25 em Mato Grosso do Sul. A ação investiga a venda de diplomas nas cidades de Campo Grande, Alcinópolis, Rio Negro, Sidrolândia, Nova Andradina, Corumbá, Ponta Porã e Ivinhema.

A empresa Paulistec, fechada pela Polícia Civil em maio deste ano, também é investigada. Com unidades em outros Estados, a empresa, de propriedade do empresário Mauro de Napoli, foi assunto na mídia nacional.

Em Mato Grosso do Sul, mais de 1.200 foram lesadas pela compra de certificado de conclusão do ensino médio sem validade junto ao Ministério da Educação. O prejuízo das vítimas chega a R$ 630 mil.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)