Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Últimas Notícias

16/03/2005 10:05

Preso doador e aborto estão na pauta da Seguridade

Agência Câmara

O projeto (PL 1321/03) que prevê a redução de até 50% da pena de condenado que for doador de órgão pode ser votado nesta manhã na Comissão de Seguridade Social e Família. A proposta, de autoria do deputado Valdemar Costa Neto (PL-SP), exclui os condenados por crimes hediondos do benefício.
Valdemar Costa Neto afirma que as campanhas públicas de doação de órgão não têm alcançado o sucesso desejado. "É de se imaginar que entre os presos haja dezenas de doadores espontâneos, os quais poderão salvar muitas vidas e, no mesmo ato, demonstrar o seu desejo de reparar erros cometidos no passado. Esse gesto merece o reconhecimento da sociedade e o beneplácito da lei penal", defende o parlamentar.
De acordo com o texto, os presidiários que não quiserem ser doadores de órgãos, mas forem doadores de sangue em caráter continuado por pelo menos um ano poderão requerer a redução de 10% da pena.

Parecer contra
A proposta é polêmica e recebeu parecer contrário do relator, deputado Mário Heringer (PDT-MG). "A impressão que fica é a de que estar-se-ia regularizando um 'comércio de órgãos', cujo preço seria a liberdade de quem dela já não dispõe", explica o parlamentar.
O relator também é contra a redução da pena por doação de sangue. "Essa medida seria um incentivo à impunidade, por não exigir do condenado nenhum esforço para o crescimento pessoal. Basta um ato simples e a pena, que quase nunca é cumprida por inteiro no País, se tornaria ainda mais leve", critica Heringer.
A controvérsia será definida pelo integrantes da Comissão de Seguridade, que estará reunida no plenário 7, a partir das 9h30.

Aborto
Outro projeto polêmico que também está na pauta da reunião desta manhã é o PL 1091/03, que obriga os hospitais a oferecerem um programa de orientação à mulher sobre os efeitos e métodos utilizados em abortos, nos casos permitidos pela lei brasileira. A proposta, de autoria do deputado Durval Orlato (PT-SP), determina que o programa baseie-se em sistema audiovisual e disponibilize orientação religiosa à gestante que for abortar.
O relator da matéria, deputado José Linhares (PP-CE), é favorável à aprovação do projeto, com alterações. "Claro fica que o objetivo do programa é levar a mulher a desistir da prática do aborto", avalia o parlamentar. E acrescenta, "não se pode impor que a mulher, para realizar um procedimento já autorizado por lei, seja obrigada a cumprir qualquer tipo de exigência, principalmente quando as ações propostas podem prolongar ou intensificar seu sofrimento". Por essa razão, José Linhares sugere que os hospitais sejam obrigados a oferecer o programa de orientação, mas faculta às gestantes que vão abortar a participação ou não do programa.



Reportagem - Natalia Doederlein
Edição – Paulo Cesar Santos

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)