Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/12/2009 11:09

Presidiários de Ponta Porã comandavam tráfico para SP

Campo Grande News/ Helio de Freitas, de Dourados

Três internos do presídio de Ponta Porã estão entre as 17 pessoas autuadas em flagrante nesta quarta-feira pela Polícia Federal em Mato Grosso do Sul e São Paulo por tráfico internacional de drogas. A Operação Sede Campestre, desencadeada pela PF para desarticular a organização, ainda cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão em cidades do interior paulista.

A PF descobriu que os três presidiários, membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), chefiavam o esquema de envio de drogas para São Paulo. Uma farmácia de Ponta Porã era usada para movimentação financeira da quadrilha. O proprietário, que já possuía antecedentes por tráfico internacional, foi preso em flagrante.

Sete mandados de prisão foram cumpridos em Ponta Porã. A PF também prendeu quatro pessoas em Dourados. Os nomes ainda não foram divulgados porque alguns mandados ainda estão sendo cumpridos. No interior paulista, a PF prendeu um membro da quadrilha que usava documentos falsos por ser foragido da Justiça. Ele é acusado de assassinar um policial civil em Tatuí (SP), em 2003.

Em São José do Rio Preto, ao cumprir na manhã desta quarta-feira um dos mandados da Operação Sede Campestre, os policiais federais encontraram crack com um integrante do PCC.

De acordo com a Polícia Federal, as investigações tiveram início há pelo menos sete meses. Nesse período, 14 pessoas já tinham sido presas e seis veículos apreendidos com carregamentos de drogas e de produtos para aumentar a quantidade da droga.

Os integrantes do PCC faziam o pagamento da droga aos fornecedores de Ponta Porã e de Pedro Juan Caballero através de depósitos bancários, dinheiro em espécie e com veículos legalizados. A facção criminosa também fornecia carros roubados ou provenientes de golpe do seguro, que eram negociados no Paraguai.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)