Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/02/2015 18:13

Presidente do CRECI/MS quer acabar com o exercício ilegal da profissão

João Pamplona
Rosemar Alves de Oliveira (e) e Delso José de Souza (d)Rosemar Alves de Oliveira (e) e Delso José de Souza (d)

Delso José de Souza Presidente do CRECI/MS explicou ao final da reunião conjunta com o CRECI/GO realizada na cidade de Itarumã que a intenção de fazer uma realização cojunta é a troca de experiências entre as unidades regionais, "acreditamos que será um modelo importante para o resto do País", comentou. 

Explicou ainda que a intenção é buscar o aprimoramento do setor e evitar o exercício ilegal da profissão, "no ano passado o CRECI/MS fez a atuação de 180 pessoas por exercício ilegal da profissão. O que as pessoas precisam entender que isso é um crime", acrescentou. 

Delso fez questão ainda de destacar a importância de fazer negócio com profissional habilitado, "um profissional devidamente habilitado responde civel e criminalmente pelo negócio, já alguém que não é só quer ganhar ali alguma coisa e não conduz o negócio com a correção devida e é isso que estamos procurando debater". 

Reunião em Cassilândia 

Também presente na reunião Rosemar Alves de Oliveira (Fivela) Delegado da 14ª Região do CRECI/MS fez questão de destacar a importância do evento, "é uma troca de experiências muito importante e viemos aqui dar nossa colaboração e aprender um pouco com nossos presidentes. Também já ficou acertado aqui que a próxima reunião das duas unidades será em Cassilândia em uma data que ainda será definida", comentou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)