Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

29/06/2004 14:47

Presidente deve assistir a jogo da selação brasileira

Paula Medeiros e Carolina Pimentel / ABr

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve assistir ao jogo entre as seleções brasileira e haitiana de futebol. A partida será realizada em Porto Príncipe, capital do país, possivelmente no dia 18 de agosto. Segundo o ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, o presidente está entusiasmado com a idéia. “Ele (o presidente) quer ir. Ele faz questão de ir”, afirmou.

Desde maio deste ano, o Brasil chefia uma missão de paz das Nações Unidas no Haiti. Agnelo Queiroz explicou que a intenção do presidente é promover uma ação integrada, levando a cultura e o esporte ao país. “Isso tem um significado da força do futebol brasileiro como ação humanitária, ajudando no processo de paz”, afirmou.

Os ingressos para o amistoso seriam trocados por armas de fogo, o que ajudaria no desarmamento da população haitiana. O assunto foi discutido em uma reunião entre o presidente Lula, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, e o ministro do Esporte, no Palácio do Planalto.

Segundo Teixeira, o dia 18 de agosto é uma data oficial da CBF e, por isso, seria possível levar a seleção principal ao Haiti. “Este é um jogo oficial e, portanto, a convocação pode ser da seleção principal. O Ronaldo já disse que faz questão de estar presente, o Parreira (técnico da seleção) também faz questão. Eu acho que todos nós temos que olhar isso pelo lado humanitário”, afirmou.

Até o final da semana, o Ministério das Relações Exteriores realizará levantamentos das condições para a realização do jogo. Serão avaliados os estádios disponíveis e as medidas para garantir a segurança dos jogadores.

Quando o governo enviou as tropas ao Haiti, os soldados levaram na bagagem mil bolas de futebol e camisetas verde-amarelas que foram distribuídas em escolas. O ministro revelou que outras 5 mil camisetas e bolas serão encaminhadas ao país, nas próximas semanas.

Mas Agnelo Queiroz disse que o objetivo é oferecer um apoio estrutural, com o estímulo permanente ao esporte como forma de inclusão social. Está em estudo a possibilidade de se implantar no Haiti o programa Segundo Tempo, que desenvolve atividades esportivas para crianças e adolescentes após as aulas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)