Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/10/2004 07:58

Presidente de instituto critica MP dos Transgênicos

Liésio Pereira/ABr

O presidente do Instituto Biodinâmico (IBD), Alexandre Arcari, alertou hoje que a produção de transgênicos (organismos geneticamente modificados) não resolve os problemas da agricultura e podem, até mesmo, piorar os problemas sociais. O IBD é o maior certificador de alimentos orgânicos (produzidos sem insumos industriais) do Brasil.

“A natureza contorna essa tecnologia e continuam existindo os mesmos problemas técnicos que já existiam. Na verdade, o que está acontecendo é que nós estamos ‘tombando’ a uma tecnologia em nome do paradigma da ciência, e não é nada disso. Abandonou-se todas as outras formas de pesquisa tecnológica e se concentra todos os créditos, os recursos, na biotecnologia, em um programa altamente concentrador e pouco social”, disse, ao comentar a medida provisória que liberou o plantio de soja transgênica na safra 2004/2005.

“Nos países onde a cultura já existe há mais tempo, você já tem ervas daninhas ficando resistentes”, revelou.

Segundo Arcari, o agricultor convencional que está aderindo às sementes transgênicas procura uma forma de simplificar sua produção e acaba correndo outros riscos.

“(A biotecnologia) é uma tecnologia questionável, que tem produtividade menor do que as outras tecnologias que o Brasil – com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e outras empresas – conseguiu levar para frente. É um rolo compressor que está passando por cima de toda a sociedade, não importa quem”, alertou.

Segundo ele, o Brasil está perdendo a oportunidade de se tornar, por exemplo, o maior exportador de soja para a Europa – que só aceita a soja transgênica para a produção de ração animal. “O Brasil perde a grande chance de se tornar praticamente um fornecedor exclusivo (de soja) da Europa para alimento humano”, afirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)