Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/03/2006 14:50

Prêmio reúne 37 prefeitos empreendedores

Contexto Assessoria

Será revelado hoje, a partir das 18 horas, na sede do Sebrae em Campo Grande, o Prêmio Prefeito Empreendedor de Mato Grosso do Sul. A premiação chega à quarta edição e destaca a gestão pública empreendedora, além de identificar iniciativas de sucesso realizadas pelas prefeituras para a promoção e o desenvolvimento de micro e pequenas empresas.
Em Mato Grosso do Sul, dos 78 municípios, 37 prefeituras inscreveram projetos e aguardam com expectativa a solenidade de premiação dos finalistas e do campeão estadual da iniciativa.

A prefeitura de Alcinópolis traz alternativas de crescimento. Uma iniciativa de desenvolvimento sustentável do município focada em várias ações de meio ambiente, fomento ao turismo, melhoria da infra-estrutura e habitação; Anastácio propõe o programa Nossa Terra, Nosso Espaço que visa melhorar o ambiente para a manutenção das micro e pequenas empresas já instaladas e fomentar a implantação de novos empreendimentos; Anaurilândia prevê desenvolvimento do município através do Fomento ao Turismo e Realização de Eventos; Antônio João apresenta o Programa de Apoio aos Pequenos Produtores, desenvolvido com o objetivo de auxiliar os tomaticultores que vinham enfrentando a baixa produtividade da lavoura, queda da qualidade da produção e a concorrência com produtores de outros municípios.
Já Aparecida do Taboado mostra o projeto Patrulha Agrícola Social que tem como princípio básico oferecer apoio técnico e estrutural aos micro e pequenos produtores rurais, através de ações como, por exemplo, a recuperação de estradas para o escoamento da produção e a preparação dos campos para o plantio; Aquidauana traz a Estratégia para o Desenvolvimento da Pequena Empresa por entender a necessidade de estabelecer mecanismos para diversificar a economia interna e fomentar a instalação de novas empresas, com a criação de empregos diretos e indiretos; Batayporã possui a Lavanderia Comunitária da Vila Maria Gonçalves da Silva; Brasilândia tem o Projeto de Inseminação Artificial, para promover a melhoria genética do rebanho bovino do município, oferecendo a pequenos produtores rurais cursos de capacitação e suporte técnico; Campo Grande apresenta as Incubadoras Municipais, Prodes, Credigente e Apoio à Organização de Iniciativas de Comércio Popular. Com as iniciativas, a meta é estimular o empreendedorismo e proporcionar um ambiente favorável ao surgimento e permanência das micro e pequenas empresas; Cassilândia conta com o Projeto Cidadão. São ações nas áreas de educação, mercado de trabalho e agronegócios que visam preparar o jovem para entrar no mercado de trabalho ou a gerar sua própria renda.
A cidade de Chapadão do Sul se inscreveu com o projeto Desenvolvimento Sustentável, Participação, Competência e Empreendedorismo. A intenção é atrair, garantir a implantação e criar um ambiente favorável a manutenção das micro e pequenas empresas; Corguinho propõe a Diversificação da Base Econômica; Corumbá participa como projeto de Educação Profissional que consiste na implementação e execução de cursos de qualificação profissional de nível básico e técnico para trabalhadores do município.


Costa Rica está com a proposta Habitação Popular e Sonho de Criança Feliz, projetos focados em ações de infra-estrutura, educação e habitação; Dois Irmãos do Buriti executa o projeto do Frango Caipira, uma alternativa de diversificação e fonte de renda para as pequenas propriedades rurais e assentamentos do município; Douradina propõe a implantação de um pólo comercial no Jardim das Primaveras; Dourados participa com a proposta da Feira da Rede de Economia Solidária (Fecos) que promove o acesso ao mecanismo de comercialização como oportunidade de trabalho e renda, visando a consolidação da rede de econômica solidária e o consumo ético solidário.

Em Guia Lopes da Laguna são três ações para o desenvolvimento; o Pró-Leite, a Recuperação da Mata Ciliar do Rio Santo Antônio e a Revitalização da Avenida Santa Terezinha. O município de Itaquiraí, traz iniciativa para fomentar o desenvolvimento da agricultura familiar e, ao mesmo tempo deflagrar o processo de industrialização visando a criação de oportunidades de emprego e geração de renda, levando ao crescimento do comércio ao aumento do receita do município.

Jaraguari apresenta o fomento ao Agronegócio. Em Maracaju trabalha para agilizar a gestão pública com o Nota Legal, o programa incrementa o sistema de arrecadação do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (Issqn), facilita o sistema de cadastro de contribuintes do imposto municipal e tira os pequenos prestadores de serviço da informalidade.

Miranda traz a Inclusão das Comunidades Indígenas do município no processo das Micro e Pequenas Empresas. Em Mundo Novo o trabalho é de Concessão de Incentivos Fiscais para as Micro e Pequenas Empresas e Patrulha do Asfalto. A cidade de Nova Alvorada do Sul apresenta o projeto “Participação e Desenvolvimento” que apóia micro e pequenos empreendimentos rurais.

Em Nova Andradina a proposta é a Revitalização do Centro de Treinamento e Geração de Renda e em Novo Horizonte do Sul o projeto é o de Diversificação da Produção e Conservação do Solo. Já em Paranaíba a iniciativa inscrita no Prêmio quer diversificar a economia do município atraindo novas empresas, através de uma política de incentivos fiscais, criada com legislação municipal que garante doação de terreno com a infra-estrutura, isenção de impostos e cursos de qualificação profissional para a mão-de-obra.

Na cidade de Pedro Gomes o foco é para o associativismo e coopertativismo, visando capacitar e aumentar o grupo da Associação dos Artesãos de Pedro Gomes – Fibrart (Tramas e Fibras de Buriti). Ponta Porã vem com o ”Minha Terra – Agrovila Urbana”, visando atender uma parcela da população que não tem empregos formais, beneficiando 35 famílias. Em Porto Murtinho a proposta é para o Turismo e Infra-Estrutura.

Em Ribas do Rio Pardo a inciativa de desenvolvimento é a doação de terreno, terraplanagem, mão-de-obra, poço artesiano e rebaixamento de energia. Em Rio Brilhante a participação é com a Usina de Pasteurização de Leite para a Associação dos Produtores e Vendedores Ambulantes de Leite de Rio Brilhante (Aproleite). No município de Rio Negro a proposta é o Programa de Melhoramento Genético da Bacia Leiteira. Já Rochedo mostra que o resgate cultural e o desenvolvimento passam pela Implantação do Turismo Rural e Esportivo. A cidade de São Gabriel do Oeste divulga a ArtVida – Usina de Triagem e Reciclagem de Resíduos Domiciliares. O projeto prevê a organização da gestão integrada dos resíduos sólidos do município. Em Sidrolândia o incentivo é feminino, com o Mulher & Negócio – Empreendendo Talentos a cidade quer fomentar a produção artesanal.

O 37º município inscrito é Sonora com o Desenvolvimento Local do Assentamento C.R.S. Melo. O projeto apresenta ações voltadas aos produtores de leite com a implementação de um trabalho de melhoria da infra-estrutura de acesso ao local para escoamento da produção, aumento do acesso a rede de distribuição de água, incentivo ao aumento da produção e melhoria da produtividade leiteira.
A edição desse ano apresenta algumas novidades, além dos cinco prêmios para os vencedores regionais, um de cada região, serão concedidos mais cinco prêmios: um para o Destaque “Grandes Cidades” e quatro para os Destaques “Temáticos”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)