Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

24/03/2006 14:50

Prêmio reúne 37 prefeitos empreendedores

Contexto Assessoria

Será revelado hoje, a partir das 18 horas, na sede do Sebrae em Campo Grande, o Prêmio Prefeito Empreendedor de Mato Grosso do Sul. A premiação chega à quarta edição e destaca a gestão pública empreendedora, além de identificar iniciativas de sucesso realizadas pelas prefeituras para a promoção e o desenvolvimento de micro e pequenas empresas.
Em Mato Grosso do Sul, dos 78 municípios, 37 prefeituras inscreveram projetos e aguardam com expectativa a solenidade de premiação dos finalistas e do campeão estadual da iniciativa.

A prefeitura de Alcinópolis traz alternativas de crescimento. Uma iniciativa de desenvolvimento sustentável do município focada em várias ações de meio ambiente, fomento ao turismo, melhoria da infra-estrutura e habitação; Anastácio propõe o programa Nossa Terra, Nosso Espaço que visa melhorar o ambiente para a manutenção das micro e pequenas empresas já instaladas e fomentar a implantação de novos empreendimentos; Anaurilândia prevê desenvolvimento do município através do Fomento ao Turismo e Realização de Eventos; Antônio João apresenta o Programa de Apoio aos Pequenos Produtores, desenvolvido com o objetivo de auxiliar os tomaticultores que vinham enfrentando a baixa produtividade da lavoura, queda da qualidade da produção e a concorrência com produtores de outros municípios.
Já Aparecida do Taboado mostra o projeto Patrulha Agrícola Social que tem como princípio básico oferecer apoio técnico e estrutural aos micro e pequenos produtores rurais, através de ações como, por exemplo, a recuperação de estradas para o escoamento da produção e a preparação dos campos para o plantio; Aquidauana traz a Estratégia para o Desenvolvimento da Pequena Empresa por entender a necessidade de estabelecer mecanismos para diversificar a economia interna e fomentar a instalação de novas empresas, com a criação de empregos diretos e indiretos; Batayporã possui a Lavanderia Comunitária da Vila Maria Gonçalves da Silva; Brasilândia tem o Projeto de Inseminação Artificial, para promover a melhoria genética do rebanho bovino do município, oferecendo a pequenos produtores rurais cursos de capacitação e suporte técnico; Campo Grande apresenta as Incubadoras Municipais, Prodes, Credigente e Apoio à Organização de Iniciativas de Comércio Popular. Com as iniciativas, a meta é estimular o empreendedorismo e proporcionar um ambiente favorável ao surgimento e permanência das micro e pequenas empresas; Cassilândia conta com o Projeto Cidadão. São ações nas áreas de educação, mercado de trabalho e agronegócios que visam preparar o jovem para entrar no mercado de trabalho ou a gerar sua própria renda.
A cidade de Chapadão do Sul se inscreveu com o projeto Desenvolvimento Sustentável, Participação, Competência e Empreendedorismo. A intenção é atrair, garantir a implantação e criar um ambiente favorável a manutenção das micro e pequenas empresas; Corguinho propõe a Diversificação da Base Econômica; Corumbá participa como projeto de Educação Profissional que consiste na implementação e execução de cursos de qualificação profissional de nível básico e técnico para trabalhadores do município.


Costa Rica está com a proposta Habitação Popular e Sonho de Criança Feliz, projetos focados em ações de infra-estrutura, educação e habitação; Dois Irmãos do Buriti executa o projeto do Frango Caipira, uma alternativa de diversificação e fonte de renda para as pequenas propriedades rurais e assentamentos do município; Douradina propõe a implantação de um pólo comercial no Jardim das Primaveras; Dourados participa com a proposta da Feira da Rede de Economia Solidária (Fecos) que promove o acesso ao mecanismo de comercialização como oportunidade de trabalho e renda, visando a consolidação da rede de econômica solidária e o consumo ético solidário.

Em Guia Lopes da Laguna são três ações para o desenvolvimento; o Pró-Leite, a Recuperação da Mata Ciliar do Rio Santo Antônio e a Revitalização da Avenida Santa Terezinha. O município de Itaquiraí, traz iniciativa para fomentar o desenvolvimento da agricultura familiar e, ao mesmo tempo deflagrar o processo de industrialização visando a criação de oportunidades de emprego e geração de renda, levando ao crescimento do comércio ao aumento do receita do município.

Jaraguari apresenta o fomento ao Agronegócio. Em Maracaju trabalha para agilizar a gestão pública com o Nota Legal, o programa incrementa o sistema de arrecadação do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (Issqn), facilita o sistema de cadastro de contribuintes do imposto municipal e tira os pequenos prestadores de serviço da informalidade.

Miranda traz a Inclusão das Comunidades Indígenas do município no processo das Micro e Pequenas Empresas. Em Mundo Novo o trabalho é de Concessão de Incentivos Fiscais para as Micro e Pequenas Empresas e Patrulha do Asfalto. A cidade de Nova Alvorada do Sul apresenta o projeto “Participação e Desenvolvimento” que apóia micro e pequenos empreendimentos rurais.

Em Nova Andradina a proposta é a Revitalização do Centro de Treinamento e Geração de Renda e em Novo Horizonte do Sul o projeto é o de Diversificação da Produção e Conservação do Solo. Já em Paranaíba a iniciativa inscrita no Prêmio quer diversificar a economia do município atraindo novas empresas, através de uma política de incentivos fiscais, criada com legislação municipal que garante doação de terreno com a infra-estrutura, isenção de impostos e cursos de qualificação profissional para a mão-de-obra.

Na cidade de Pedro Gomes o foco é para o associativismo e coopertativismo, visando capacitar e aumentar o grupo da Associação dos Artesãos de Pedro Gomes – Fibrart (Tramas e Fibras de Buriti). Ponta Porã vem com o ”Minha Terra – Agrovila Urbana”, visando atender uma parcela da população que não tem empregos formais, beneficiando 35 famílias. Em Porto Murtinho a proposta é para o Turismo e Infra-Estrutura.

Em Ribas do Rio Pardo a inciativa de desenvolvimento é a doação de terreno, terraplanagem, mão-de-obra, poço artesiano e rebaixamento de energia. Em Rio Brilhante a participação é com a Usina de Pasteurização de Leite para a Associação dos Produtores e Vendedores Ambulantes de Leite de Rio Brilhante (Aproleite). No município de Rio Negro a proposta é o Programa de Melhoramento Genético da Bacia Leiteira. Já Rochedo mostra que o resgate cultural e o desenvolvimento passam pela Implantação do Turismo Rural e Esportivo. A cidade de São Gabriel do Oeste divulga a ArtVida – Usina de Triagem e Reciclagem de Resíduos Domiciliares. O projeto prevê a organização da gestão integrada dos resíduos sólidos do município. Em Sidrolândia o incentivo é feminino, com o Mulher & Negócio – Empreendendo Talentos a cidade quer fomentar a produção artesanal.

O 37º município inscrito é Sonora com o Desenvolvimento Local do Assentamento C.R.S. Melo. O projeto apresenta ações voltadas aos produtores de leite com a implementação de um trabalho de melhoria da infra-estrutura de acesso ao local para escoamento da produção, aumento do acesso a rede de distribuição de água, incentivo ao aumento da produção e melhoria da produtividade leiteira.
A edição desse ano apresenta algumas novidades, além dos cinco prêmios para os vencedores regionais, um de cada região, serão concedidos mais cinco prêmios: um para o Destaque “Grandes Cidades” e quatro para os Destaques “Temáticos”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)