Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/07/2004 09:09

Prêmio : Conquista da Copa América garantirá R$ 70 mil

Dourados News

Mais um ponto que enche Carlos Alberto Parreira de orgulho no Peru: a premiação. Ninguém na jovem seleção que está representando o Brasil na Copa América ousou questionar o valor que o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, impôs se o time conseguir o título da competição. A Agência Estado teve a confirmação de quanto vale o título do torneio sul-americano: R$ 70 mil a cada titular. Os demais ganharão proporcionalmente ao número de partidas que entrarem em campo.

Pelo menos o dinheiro não atrapalhará o time amanhã, às 22h30, em Piura, no difícil jogo contra o México, pelas quartas-de-final do torneio. Ricardo Teixeira determinou o prêmio em Teresópolis, antes de a seleção embarcar para o Peru. Ele dividiu por objetivo. A classificação do Brasil para as quartas-de-final já valeu R$ 20 mil. Se o time chegar às semifinais, mais R$ 20 mil. Se ganhar a Copa América, mais R$ 30 mil, completando R$ 70 mil.

Para pura comparação, o pentacampeonato mundial valeu US$ 150 mil a cada atleta. "Eu estou satisfeito porque nós conseguimos resolver o problema da premiação há muito tempo. Não há essa história há muito tempo. O presidente determina e o grupo acata. Foi o que aconteceu nesta Copa América", disse Parreira. "Os jogadores desta nova geração são muito mais espertos do que os de gerações passadas. A seleção brasileira não é local de conseguir independência financeira. Pelo contrário: lugar para ganar dinheiro é nos clubes. A seleção serve para dar prestígio e supervalorizar os atletas. Se o Brasil conseguir o seu objetivo, o dinheiro do prêmio passa a ser apenas um grande incentivo. O prestígio da conquista valerá várias vezes mais", detalha Parreira.

A reação do grupo em relação ao dinheiro oferecido por Teixeira foi serena. O presidente da CBF soube avaliar que os atletas estão obsecados é em chegar à seleção principal. Desta vez o dinheiro ficou mesmo em segundo plano. "A minha única preocupação é me firmar na seleção. Não penso mais em nada, nada, nada. Só quero saber de me concentrar e jogar bem. Quero ganhar a Copa América pelo título em si", afirma Luís Fabiano. "Até nem lembrava da premiação quando o presidente Ricardo Teixeira foi a Teresópolis. Jogar bem e ganhar a confiança do Parreira vale muito mais que qualquer dinheiro. Estou aqui para ser campeão da Copa América independente de incentivo financeiro", assegura Júlio Baptista.

O capitão Alex não teve de controlar nenhuma rebelião. Todos os jogadores se mostraram satisfeitos com a premiação por objetivo. Essa fórmula prevalece em todos os clubes que atuam. Eles sabem muito bem o quanto ficaria ruim caso expussem descontentamento com dinheiro. Espertos, têm plena consciência que reclamar por dinheiro seria estar fora das próximas convocações.

"Esses meninos que estão conosco são excelentes. Não dão o menor trabalho. Ao contrário do que aconteceu no meu tempo, hoje o futebol nos clubes dá um excelente dinheiro. Então, o que podem receber na Seleção é apenas um plus. Eles estão mais do que garantidos nos seus altos salários. E a coisa vai além. Esse grupo que está aqui quer ganhar a Copa América pelo que ela significa. Não pelo prêmio", garante Zagallo.

E o grande detalhe nesta transação financeira é que se o Brasil conseguir ser campeão, a CBF não terá de gastar um tostão. O cerca de R$ 1 milhão que a entidade pagaria ao time e à Comissão Técnica - - Parreira e Zagallo não ganham prêmios em dobro como acontecem nos clubes. Apenas a mesma coisa que os titulares - - seria apenas um terço do que receberia da Conmebol.

A Confederação Sul-Americana de Futebol reservou nada menos do que US$ 1 milhão ao time campeão da Copa América, cerca de R$ 3 milhões. Com a eventual conquista, a CBF de Ricardo Teixeira pagaria o prêmio e ainda ficaria R$ 2 milhões mais rica. Sem dúvida, mais um negócio excelente de Ricardo Teixeira que ainda posaria de generoso.







Folha On line

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)