Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

12/04/2010 10:54

Prefeituras de MS destravam R$ 17 milhões retidos do ITR

Campo Grande News/ Fernanda França

Após pressão da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o governo federal reconheceu dívida milionária de mais de R$ 17 milhões com as prefeituras de Mato Grosso do Sul.

As 79 cidades do Estado receberam R$ 17.525.497, 86 como parte de verba referente ao ITR (Imposto Territorial Rural) que estava retida nos cofres do Tesouro Nacional.

O presidente da entidade e prefeito de Terenos, Beto Pereira (PMDB), fez vigília em Brasília para que a Receita Federal reconhecesse os valores.

De acordo com ele, a verba surge em um momento oportuno, em que os prefeitos necessitam sanear suas finanças, devido à crise que abalou a estrutura do poder público no ano passado.

O presidente da Assomasul refere-se às dificuldades de caixa das prefeituras em decorrência da queda no repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e do encolhimento da receita do ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços).

A redução está relacionada diretamente ao subfaturamento do gás boliviano, reconhecida publicamente pelo governador André Puccinelli (PMDB).

A verba repassada para divisão proporcional as prefeituras sul-mato-grossenses corresponde a repasses que deveriam ser feito em novembro, dezembro e janeiro.

Somente depois da mobilização da Assomasul é que a Receita reconheceu um total de R$ 58 milhões para distribuição entre todos os municípios brasileiros.

O argumento para a retenção dos recursos é que o Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) teve de calcular a apuração dos valores de ITR arrecadados pelos municípios sul-mato-grossenses em 2009 para saber a que cada um deles tinha direito.

Mato Grosso do Sul é o primeiro estado do País no ranking nacional a municipalização do ITR, uma vez que 75 dos 78 municípios optaram pela adesão.

O presidente da Assomasul citou o valor que algumas prefeituras do Estado receberão a partir do repasse. A de Três Lagoas terá R$ 451.839,90, a de Sidrolândia R$ 253.705,01, enquanto que a de Tacuru recebeu R$ 178.l76,96.

O município de Sonora tem para investir R$ 108.631,00. Cidade administrada por Beto Pereira, Terenos abocanhou R$ 124.644,30.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Maio de 2018
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)