Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Maio de 2019

Últimas Notícias

28/02/2019 11:20

Prefeitura vai revisar 60 mil atestados médicos da Educação

Correio do Estado

A partir das novas regras para perícia, a Prefeitura de Campo Grande vai revisar 60 mil atestados e licenças médicas concedidos no ano passado aos servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Conforme o secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, os afastamentos, mesmo que em curto espaço de tempo, incluíram solicitações de 7,3 mil professores com carga horária de 20 horas semanais.

Decreto prevendo a reestruturação da perícia foi publicado no ano passado e medida está sendo implantada. “Eu espero que tenha um efeito agora neste primeiro bimestre”, afirmou o secretário na manhã desta quarta-feira. A Educação responde pela maior parte da folha de pagamento do Município.

Conforme o secretário, o alto número de licenças não se deve apenas às doenças dos servidores, mas também a defasagem nos critérios para a concessão da licença. “Pode ser que a perícia precise melhorar. Então, tudo isso é um conjunto de coisas que tem que ver com cuidado e cautela para não cercear o direito de ninguém”. As revisões também devem atingir os cerca de 500 professores readaptados, que voltam ao trabalho, mas não desempenhando as mesmas funções.

O presidente do Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação (ACP), Lucílio Nobre, atribui o alto número de licenças principalmente ao fato do setor contar com o maior número de servidores. Somente professores, são quase 8 mil entre concursados e contratados. No entanto, ele afirma que há doenças recorrentes relacionadas as condições de trabalho. “São comuns doenças relacionadas ao emocional, como depressão. Além de lesões por movimentos repetitivos, como tendinites e bursites”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 24 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
07:20
Atenção motoristas e ciclistas
Quinta, 23 de Maio de 2019
22:00
Loterias
21:45
Loterias
21:42
Loterias
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)