Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/06/2005 13:24

Prefeitos querem novos critérios para ICMS Ecológico

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Os prefeitos Moacir Khol, de Coxim, João Baird, Jaraguari, Mário Kruger, de Rio Verde e Obadias de Lana, de Bandeirantes, pediram ontem reavaliação dos critérios técnicos adotados para definir as cotas do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Serviços e Mercadorias) Ecológico ao secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, José Elias Moreira. O argumento é que os municípios teriam sido prejudicados no repasse em 2004.
O secretário disse que serão tomados cuidados para que ninguém seja prejudicado e que até o fim de julho será divulgada a tabela com os índices provisórios, com prazo de 30 dias para eventuais contestações.
O ICMS Ecológico corresponde a 5% do total arrecadado
e sua distribuição é feita apenas entre os municípios que possuam áreas de proteção ambiental. A cota leva em conta tamanho da área e vários outros fatores como o meio ambiente.
Em 2004 o ICMS Ecológico totalizou R$ 21,58 milhões. O município de Jateí conseguiu a maior fatia, com R$ 2,8 milhões, seguido de Alcinópolis com R$ 2,777 milhões. Esses dois municípios abrigam grandes áreas de preservação em seus territórios: os Parques Estaduais das Várzeas do rio Ivinhema e das Nascentes do rio Taquari, respectivamente. Coxim ficou com apenas R$ 4,7 mil, Rio Verde com R$ 6,9 mil, enquanto Jaraguari e Bandeirantes nem figuraram na lista de beneficiados.
Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, este ano esses municípios entraram em tempo hábil com processos registrando a criação de áreas de proteção ambiental e atendendo a outras exigências legais para se candidatarem a receber o ICMS Ecológico. Porém, segundo a técnica responsável pelo setor, Ana Cristina dos Santos, foram detectadas algumas pendências que precisam ser regularizadas para incluir essas prefeituras entre a lista de beneficiadas com o ICMS Ecológico.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)