Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/10/2004 13:51

Prefeitos pressionarão parlamentares para votar reforma

Iolando Lourenço / ABr

Os prefeitos devem ir hoje ao Congresso Nacional pressionar os parlamentares a aprovarem até o final do ano a emenda constitucional que trata da reforma tributária. O prefeito reeleito de Aracaju, Marcelo Déda (PT), explica que os prefeitos dos pequenos municípios vão ser os mais prejudicados com o atraso na votação da proposta. “Nós precisamos da reforma tributária aprovada até dezembro”, alertou.

Segundo ele, se o Congresso não aprovar e promulgar as mudanças tributárias, os pequenos municípios terão muita dificuldade de cumprir as regras da lei de responsabilidade fiscal. Os prefeitos argumentam que, sem a aprovação da emenda, não haverá recursos para pagar o décimo terceiro salário dos servidores públicos municipais.

O presidente da Câmara, deputado João Paulo Cunha (PT-SP), afirmou que pretende concluir até dezembro a votação da reforma tributária e previdenciária na Câmara. "Tem chance de votar este ano. Nós estamos trabalhando com essa hipótese”, disse. No entanto, João Paulo disse não saber quando as emendas constitucionais poderão ser votadas e brincou: “ah, se eu pudesse prever”.

Quando a proposta da reforma tributária foi votada no Senado, no ano passado, o acordo firmado com os prefeitos estabelecia o aumento de 22,5% para 23,5% o percentual da arrecadação do IPI para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Os prefeitos contam com esses recursos para pagar o décimo terceiro salário dos servidores.

Nesta terça-feira (5), o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski, juntamente com outros prefeitos, reuniu-se com o ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, para pedir apoio para a aprovação da reforma tributária. O prefeito Déda, que estava no Palácio do Planalto, participou por alguns minutos da reunião com Rebelo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)