Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/12/2004 13:03

Prefeitos devem cobrar mais de deputados, diz Assomasul

Maristela Brunetto / Campo Grande News

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Waldeli dos Santos Rosa (PMDB), considerou nesta segunda-feira que os prefeitos têm conseguido poucas vitórias na Assembléia Legislativa e para mudar este cenário devem cobrar mais ações dos deputados estaduais. Durante abertura do seminário “Novos Gestores Municipais”, no auditório da UCDB, ele afirmou que os prefeitos devem cobrar projetos de interesse dos municípios.
Rosa avaliou que os deputados costumam procurar os prefeitos em épocas de campanha eleitoral, mas são poucos os avanços obtidos pelas prefeituras durante as votações na Assembléia Legislativa. Como exemplo, o dirigente citou que o Fundersul (Fundo do Desenvolvimento Rodoviário de Mato Grosso do Sul) e o FIS (Fundo de Investimentos Sociais), projetos apresentados pelo Executivo estadual, não contemplam os municípios.
“Lá em Brasília, nós somos mais unidos, conseguimos reverter à situação”, disse, citando luta da CNM (Confederação Nacional dos Municípios) pelas reivindicações das prefeituras brasileiras. Rosa aproveitou para convidar os prefeitos a participarem de marcha no dia 8 para pedir a aprovação de aumento de 1% nos repasses do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)