Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/10/2005 15:54

Prefeitos de MS estão em Brasília tentando aumentar FPM

João Prestes / Campo Grande News

Prefeitos de 13 municípios de Mato Grosso do Sul participam nesta hoje e amanhã de reunião da CNM (Confederação Nacional de Municípios), em Brasília, para traçar estratégia para nova mobilização em favor da votação da reforma tributária. Eles querem que o Congresso vote em separado o item da emenda constitucional que prevê aumento de 1% no repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), passando dos atuais 22.5% para 23.5%.

Os prefeitos também tentam agendar para quinta-feira uma audiência com o ministro da Fazenda, Antônio Palocci, e com o presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB), a fim de sugerir a votação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) da reforma tributária. O prefeito de Costa Rica e secretário-geral da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul, Waldeli dos Santos Rosa (PMDB), lembrou que a votação da matéria deveria ser incluída na pauta logo após a eleição de Aldo Rebelo, o que não aconteceu.

Também participaram dos encontros os prefeitos de Paranhos,Dirceu Bettoni (PSDB); de Jardim, Evandro Bazzo (PSDB); de Coronel Sapucaia, Ney Kuasne (PL); de Taquarussu, Genivaldo Medeiros (PL); de Nova Andradina, Roberto Hashioka (PL); de Itaporã, Marcos Pacco (PFL); de Brasilândia, Antônio de Pádua Tiago (PMDB); de Rochedo, Adão Arantes (PDT); de Sonora, Zelir Antônio Maggioni (PMDB); de Maracaju, Maurílio Azambuja (PSDB); de Rio Brilhante, Donato Lopes (PTB); e de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)