Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/04/2013 19:00

Prefeitos cobram e ministro confirma mais 70 cidades de MS no PAC 2

Zemil Rocha, Campo Grande News

O presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), prefeito Douglas Figueiredo (Anastácio), cobrou e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, garantiu nesta segunda-feira que os 70 municípios de Mato Grosso do Sul que estavam fora do PAC II (Programa de Aceleração do Crescimento) serão contemplado no programa federal. “O ministro garantiu que vai flexibilizar o critério de que os municípios tenham mais de 25 mil habitantes”, revelou Douglas.

Pelo critério em vigor, somente nove municípios de Mato Grosso do Sul com mais 25 mil habitantes estavam contemplados, estando assegurados para eles R$ 118 milhões. Os outros 70 municípios que estavam fora, por ter menos de 25 mil habitantes, agora terão oportunidade de pleitear pelo menos R$ 5 milhões, o que totaliza mais 350 milhões para o Estado.

O prazo para apresentar projetos do PAC 2, para obras de pavimentação, drenagem e o Pró-Transporte termina na próxima sexta-feira, dia 5. “Todos os municípios, independentemente do número de habitantes, podem fazer o registro de suas cartas consulta”, afirmou o ministro Aguinaldo Ribeiro. O critério flexibilizar vale para todos os municípios do País.

Douglas Figueiredo explicou que essa verba do PAC II será uma espécie de “compensação” para os municípios de Mato Grosso do Sul que, segundo ele, perderam 43% das verbas do Fundo de Participação dos Municípios. “E Isso vai piorar porque o governo federal anunciou a prorrogação da isenção do IPI para os veículos”, salientou ele.

Outro problema grave dos municípios, segundo Douglas, é o endividamento já que para a liberação de projetos federais é preciso estar em dia com os pagamentos à União. “Cada município vai passar o quanto de endividamento”, informou o presidente da Assomasul. “Os dados quem repassa é a Caixa Econômica Federal”, explicou o deputado federal Vander Loubet (PT), que estava ao lado do presidente da Assomasul. “Aprovação de projetos no governo federal passa por várias etapas”, emendou.

Atendimento – A Assomasul organizou uma grande estrutura para que os 13 ministérios do governo da presidente Dilma Roussef tivessem uma sala cada um a fim de oferecer informações aos 73 prefeitos presentes no Encontro. “Está sendo muito proveitoso porque a todo um ciclo de demandas sendo apresentado. Além de 73 dos 79 prefeitos do Estado, estão presentes técnicos de todos os municípios”, ressaltou Douglas Figueiredo.

E agora Cassilândia ???
 
Rodrigo Sales em 01/04/2013 19:36:51
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)