Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/03/2011 12:31

Prefeito decreta luto oficial pelas vítimas no Japão

Campo Grande News/ Fabiano Arruda

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), decretou, nesta segunda-feira, luto oficial de três dias em homenagem às vítimas do terremoto e tsunami que arrasaram o Japão na sexta-feira.

O luto começa a contar a partir de amanhã. Segundo nota publicada pela Prefeitura, Trad estendeu condolências e sentimento de solidariedade ao povo japonês, cuja terceira maior colônia reside em Mato Grosso do Sul e, grande parte deste número, em Campo Grande.

Nesta manhã o governo do Estado, em nota assinada pelo governador André Puccinelli (PMDB), também manifestou solidariedade ao povo japonês.

Desastre - As informações mais recentes dão conta que 1.886 pessoas morreram com o desastre no Japão. Outras 2.329 pessoas ainda estão desaparecidas. Autoridades estimam que o saldo final de vítimas ultrapasse os 10 mil.

Segundo a agência de notícias Kyodo, cerca de mil corpos foram encontrados em Miyagi, além de outros 200 ou 300 corpos que as equipes tentam resgatar em Sendai, local mais atingido pelo tremor e pelas ondas gigantes.

Em Miyagi, o governo não conseguiu contatar cerca de 10 mil pessoas, mais da metade da população local. O destino de dezenas de milhares de pessoas, incluindo cerca de 8.000 moradores da cidade de Otsuchi, ainda é desconhecido, segundo a Kyodo.

Em meio a busca, as autoridades japonesas enfrentam uma crise nuclear. Mais cedo, a operadora do complexo Fukushima Daiichi, Tokyo Electric Power Co., informou que as barras de combustível no reator nuclear 2 do complexo Fukushima Daiichi agora estão totalmente expostas.

Segundo a Jiji, a possibilidade do derretimento das barras de combustível não poderia ser descartada. O derretimento aumentaria o risco de danos ao reator e de um possível vazamento nuclear, dizem especialistas.

O maior temor é de um grande vazamento de radiação do complexo em Fukushima, 240 quilômetros ao norte de Tóquio, onde os engenheiros têm lutado desde o fim de semana para evitar um colapso nos três reatores.

O governo alertou as pessoas que vivem num raio de 20 quilômetros em torno da usina a não saírem de casa. A Tokyo Electric Power Co. disse que 11 pessoas ficaram feridas na explosão.

O terremoto que atingiu o Japão na sexta-feira foi de magnitude de 8,9 graus, que provocou outras ondas sequentes e o tsunami, com onda de 10 metros. (Com informações da Folha Online)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)