Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/01/2005 08:54

Prefeito de Dourados recomenda "boa justificativa"

Juliana Cézar Nunes/ABr

Os prefeitos interessados em melhorar a rede de transporte urbano coletivo ou não- motorizado devem ficar atentos ao edital de financiamento de projetos do Ministério das Cidades, previsto para ser publicado ainda em janeiro. Para 2005, são cerca de R$ 11 milhões de recursos livres a serem disputados. No ano passado, o investimento foi de R$ 5 milhões. O prefeito de Dourados (MS) Laerte Tetila enviou projeto para o ministério em 2004 e, no final do ano, recebeu cerca de R$ 300 mil divididos em dois projetos.

Um deles prevê a construção de 100 paradas de ônibus (abrigos) e o outro trata da criação de rampas para que pessoas portadoras de deficiência física possam usar o sistema de transporte coletivo. As licitações para as obras foram iniciadas após o fim do período eleitoral, quando esse tipo de procedimento é proibido por lei.

"Os prefeitos devem ter o cuidado na hora de apresentar o projeto. Uma justificativa boa é fundamental", aconselha Tetila, prefeito reeleito. No mandato anterior, ele investiu dinheiro do próprio município para a construção de 24 km de ciclofaixas. "Vamos buscar investimento federal para ampliar as ciclofaixas. Procuramos fazer tudo com requinte técnico. As paradas, por exemplo, também vão facilitar o acesso dos portadores de necessidades especiais."

Em dezembro de 2004, uma pesquisa divulgada pelo Ministério das Cidades mostrou que apenas 4,5% da frota de ônibus - entre 218 cidades avaliadas - é adequada para receber usuários de cadeiras de rodas. "A lei aponta a necessidade da produção de veículos acessíveis e essa discussão é a que nós estamos fazendo, já há quase um ano, com as indústrias brasileiras", conta o diretor do Departamento de Urbano do ministério, Renato Boareto.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)