Cassilândia, Domingo, 22 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

14/12/2015 18:22

Prefeito da Capital e outros 5 entregam carta de repúdio ao impeachment a Dilma

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, informou que o documento foi formatado por ele e pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes

Época Negócios
Presidente Dilma durante reunião com prefeitos no Palácio da Alvorada (FOTO: ROBERTO STUCKERT FILHO/PR)Presidente Dilma durante reunião com prefeitos no Palácio da Alvorada (FOTO: ROBERTO STUCKERT FILHO/PR)

Começou na tarde desta segunda-feira (14/12) a reunião da presidente Dilma Rousseff com prefeitos, que entregaram à petista uma carta de apoio ao seu mandato e repúdio ao impeachment. Do grupo de 16 prefeitos que assinaram a carta, apenas seis participam do encontro, que conta com a presença dos ministros Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo).

Estão no encontro o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB); de Goiânia, Paulo Garcia (PT); Palmas, Carlos Enrique Franco Amastha (PSB); Macapá, Clécio Luis Vilhena Vieira (sem partido); Campo Grande, Alcides Bernal (PP), e Fortaleza, Roberto Claudio Bezerra (PDT). O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), pré-candidato à reeleição, assinou o manifesto, mas não participa da reunião de hoje, pois cumpre agenda na capital paulista.

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), informou que o documento foi formatado por ele e pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes. "Não podemos conviver com a instabilidade política. O reflexo desse período instável é sentido diretamente na sociedade", disse, em nota.

Garcia citou ainda que é preciso acabar com "processos conturbados e manipulados por quem, inclusive, tem processo na Comissão de Ética". A referência foi dirigida ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), responsável por acatar o pedido de impeachment no dia 2 de dezembro.

Dia no Alvorada
Depois de reclamações da oposição sobre o fato de a presidente usar o Palácio do Planalto para promover eventos e reuniões para traçar estratégias e se defender do impeachment, Dilma optou, nesta segunda-feira, por trabalhar no Palácio da Alvorada. Mais cedo, ela recebeu os ministros Helder Barbalho (PMDB-PA), da Secretaria de Portos, e Nelson Barbosa, do Planejamento. Dilma completa 68 anos hoje e, em meio ao processo de impeachment, vai manter uma agenda normal durante o dia.

A semana é tida como crucial pelo governo, já que na quarta-feira (16/12) está previsto o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que deve definir o rito do impeachment. Pela manhã, a presidente comandou a reunião de coordenação política da sua residência oficial. À tarde, recebeu o governador do Amapá, Waldez Góes (PDT).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Sábado, 21 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)