Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/12/2003 07:51

Prefeito afastado recorre ao STF

STF

O prefeito de Coração de Jesus (MG), Antônio Cordeiro de Faria, impetrou Mandado de Segurança (24755) no Supremo Tribunal Federal contra decisão da Justiça Eleitoral que determinou seu afastamento do cargo. O prefeito mineiro quer a concessão de liminar que suspenda decisão do Tribunal Superior Eleitoral que ordenou a posse de José Domingos da Costa na prefeitura. José Domingos havia sido derrotado nas eleições municipais de 2000 e recorreu ao TSE pedindo o cumprimento da decisão que determinou o afastamento de Cordeiro de Faria. A decisão do presidente do TSE, ministro Sepúlveda Pertence, foi despachada no dia 11 de dezembro.

Antônio Cordeiro de Faria e seu vice, Pulquério Rabelo da Conceição, tiveram o mandato cassado em setembro de 2002 pela Justiça Eleitoral mineira, acusados por corrupção e abuso de poder econômico, pois teriam doado dinheiro, tijolos, cestas básicas e antenas parabólicas em troca de votos. Os dois também tiveram declarada a inelegibilidade e não podem concorrer às eleições municipais de 2004. O TRE mineiro decidiu que José Domingos da Costa, que obteve a segunda colocação no pleito de 2000, deve ocupar a prefeitura após o trânsito em julgado da decisão.

No Mandado de Segurança apresentado ao Supremo, a defesa de Cordeiro de Faria argumenta que o TRE mineiro "foi claríssimo", ao afirmar que "enquanto não houve o trânsito em julgado da decisão os impugnados poderão exercer seus mandatos".

Sustenta que o TSE teria deixado expresso, em 30 de outubro de 2003, que o julgamento de seu processo é regido pela Lei Complementar 64/90, que estabelece os casos de inelegibilidade e prazos de cassação. Desse modo, reclama o cumprimento do artigo 15 da LC 64/90, que exigiria o "trânsito em julgado da decisão de mérito para fins de execução".


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)