Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/06/2008 14:14

Preço do gás natural boliviano deve subir 9% em MS

Fernanda Mathias - Campo Grande News

O preço do gás natural boliviano deve subir 9% a partir da próxima semana. O pedido de aumento deu entrada em fevereiro na Agepan (Agência de Regulação de Serviços Públicos), acaba de ser autorizado pela assessoria técnica da agência e encaminhado para que o governador, André Puccinelli (PMDB), homologue ou faça alguma alteração.

A estatal informa que segurou os aumentos por um ano e meio e em fevereiro do ano passado chegou, inclusive, a reduzir os preços para estimular o consumo, que ainda assim despencou, conforme o relatório anual divulgado em março deste ano.

De acordo com a assessoria de imprensa da MS Gás, o reajuste deve atingir todos os clientes do Estado. A composição do índice leva em conta uma cesta de produtos, aumento do petróleo e variação do dólar. A revisão é trimestral.

Com maior número de consumidores, embora o volume comercializado não seja o mais expressivo, o GNV (Gás Natural Veicular) aumentou em R$ 0,03, o metro cúbico, nos últimos 12 meses.

Porém, o aumento foi por conta do repasse de custos pelos postos, especialmente em função da alta da energia elétrica de 2007. Hoje o preço médio do metro cúbico é de R$ 1,596 e se o aumento de 9% for homologado e repassado integralmente pelos postos vai a R$ 1,739.

No ano passado, conforme o balanço, a empresa comercializou em Mato Grosso do Sul 139.263.211 metros cúbicos de gás, um decréscimo de 59,4% em relação a 2006.

O relatório atribui a redução ao pequeno desempenho das termelétricas (como a “Willian Arjona”, em Campo Grande), por conta da ativação do linhão ligando a usina hidrelétrica de Porto Primavera ao sistema de distribuição estadual. Em termos de volume, as térmicas são os principais consumidores do gás natural boliviano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)