Cassilândia, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

14/10/2015 14:15

Preço do etanol sobe 9% e perde vantagem em relação a gasolina

Campo Grande News

Em três semanas o preço do etanol ficou 9,7% mais caro em Campo Grande. Com o aumento, o combustível está perdendo a competitividade em relação a gasolina. O preço médio do litro do álcool na Capital representa 69,9% do valor da gasolina, percentual razoável para fazer diferença positiva no bolso do consumidor, mas em algumas cidades do interior a porcentagem passa dos 74,2% e o etanol deixou de ser vantajoso.

Os cálculos são feitos com base em pesquisa da ANP (Associação Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). Levantamento em 31 postos de Campo Grande mostra que a gasolina teve alta de 4,9%, entre meados de setembro e a semana passada, algo justificado pelo reajuste de 6% aplicado pela Petrobras, no dia 30 do mês passado. O valor médio do litro passou de R$ 3,088 para R$ 3,242.

O etanol, por sua vez, teve alta de 9,78% no mesmo período. O preço médio passou de R$ 2,065 para R$ 2,267. Se o aumento não fosse tão expressivo, o álcool estaria mais vantajoso para os consumidores, que vinham aumentando a compra do combustível desde janeiro. Em agosto, as vendas de etanol aumentaram 81% e as de gasolina caíram 13%, na comparação com o mesmo período de 2014, em MS, segundo a Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul).

O gerente de um posto, que preferiu não se identificar, disse que o etanol está chegando R$ 0,26 mais caro para os revendedores nas últimas semanas e as revendedoras informaram que isso é reflexo de aumento de imposto. “A informação é de que o governo mexeu na pauta dos impostos e por isso teve alteração. Antes agente pagava R$ 1,89 pelo litro e agora está R$ 2,15. Com o lucro do posto, o preço fica em R$ 2,47 para o cliente, não tem como trabalhar com margem menor que essa”, justifica.

Para o presidente da Biosul, Roberto Holanda, o aumento só pode ser fruto de questões de mercado. “Os preços do etanol na indústria estão defasados, mas esta alta nas bombas não se justifica. Não elevamos o valor de modo expressivo em uma semana. Portanto, acredito que seja uma questão de mercado", comentou.

Desvantagem – Em Corumbá, o preço do etanol é 74,2% do valor da gasolina. O percentual representa desvantagem do álcool, ou seja, vale a pena optar pela gasolina, que teve alta de 1,4%, passando de R$ 3,605 para R$ 3,658, nas últimas pesquisas. O etanol, por sua vez, registra alta de 4,8% na cidade. A média de preço do litro passou de R$ 2,590 para R$ 2,715.

A pesquisa nos postos de Três Lagoas mostra que o reajuste no etanol foi pequeno, mas o combustível perde vantagem, por estar em preço que representa 70,4% do valor da gasolina. O preço médio do álcool aumentou 1,7%, passando de R$ 2,457 para R$ 2,499 e o da gasolina subiu 2,6%, de R$ 3,458 para R$ 3,548, segundo a ANP. Alguns postos oferecem o etanol por R$ 2,599. O preço mais baixo constatado na cidade é de R$ 2,250.

Em todo o Estado, o preço médio do etanol subiu de R$ 2,156 para R$ 2,342, alta de 8,6%. Quem pesquisa, encontra o litro por R$ 2,059, mas alguns postos cobram até R$ 2,790. A gasolina teve alta de 4,9%, de R$ 3,194 para R$ 3,353. Com isso, o percentual que revela a diferença fica em 69,8%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)