Cassilândia, Domingo, 15 de Setembro de 2019

Últimas Notícias

05/09/2018 08:40

Preço da gasolina já está perto de R$ 5,00 e vai subir ainda mais

Correio do Estado

 

O preço máximo do litro da gasolina se aproxima de R$ 4,50 em alguns postos de Campo Grande e deve ter nova alta a partir desta quarta-feira (5). Em menos de uma semana, a cotação média do derivado de petróleo ficou 11 centavos mais cara na Capital, passando de R$ 4,09, preço apurado pela ANP no último relatório semanal (encerrado em 1º de agosto), para R$ 4,20, de acordo com pesquisa realizada pelo Correio do Estado em 20 postos de diferentes regiões da cidade. Em porcentuais, o aumento chega a 2,54% no intervalo de cinco dias.

A reportagem apurou ainda que a gasolina comum está sendo comercializada pelo valor máximo de R$ 4,45 nos postos campo-grandenses, enquanto o preço mínimo encontrado foi de R$ 4,04. Os valores pesquisados consideram os pagamentos à vista. E hoje o litro subirá mais 1,68% nas refinarias (veja box).

Em se tratando do óleo diesel, o impacto para o bolso do consumidor é de 17 centavos a mais no mesmo período, também considerando o comparativo entre o levantamento de preços semanal da ANP e a pesquisa realizada ontem em postos da Capital. O preço do combustível saiu de R$ 3,42 para R$ 3,69, aumento de 4,97%. Considerando o maior e menor preço, há postos vendendo o diesel comum a R$ 3,79 e R$ 3,59, respectivamente.

Mesmo em menor proporção, o etanol também apresentou reajuste nos postos de Campo Grande, conforme apontou a pesquisa. O preço médio do derivado de cana passou de R$ 3,03, valor apurado pela ANP, para R$ 3,08, ficando 5 centavos mais caro (+1,65%). O preço máximo encontrado foi de R$ 3,32 e o mínimo de R$ 2,89.

REAJUSTES

Com os novos preços de referência publicados pela ANP na sexta-feira passada (31/8), o litro do óleo diesel deve ficar até 14,4% mais caro em Mato Grosso do Sul, seguindo o patamar estabelecido para a região Centro-Oeste – de R$ 2,1055 para R$ R$ 2,4094. Em nota, a agência divulgou que “os novos valores refletem os aumentos dos preços internacionais do diesel e do câmbio no último mês”.

Após a publicação da nova tabela da ANP, a Petrobras também emitiu nota informando que o preço médio do óleo diesel nas refinarias da estatal em todo o País está 13,03% mais caro. Com o aumento, o preço do diesel passou de R$ 2,0316 para R$ 2,2964.

Na ocasião, a estatal também anunciou aumento de 1,53% no preço do litro da gasolina nas refinarias, passando dos R$ R$ 2,1375 para R$ 2,1704. É o valor mais caro cobrado pelo preço do litro da gasolina desde junho do ano passado, quando a Petrobras mudou a sua política de preços e passou a acompanhar as oscilações do preço da commodity no mercado externo.

A Petrobras destacou que “os preços médios informados consideram a média aritmética nacional dos preços à vista, sem encargos e sem tributos, praticados na modalidade de venda padrão nos diversos pontos de fornecimento, que variam ao longo do território nacional, para mais ou para menos em relação à média. Essa variação pode ser de até 12% para gasolina A”.

A Petrobras anunciou nesta terça-feira que aumentará o preço médio da gasolina em 1,68% nas refinarias a partir de hoje. Com a elevação, o combustível atingirá uma nova máxima dentro da sistemática de reajustes diários, iniciada há mais de um ano, a R$ 2,2069 o litro.

Na semana passada, impulsionado pela alta do dólar, o preço da gasolina vendida pela Petrobras também foi recorde desde que a empresa passou a praticar reajustes diários, em julho de 2017. No aumento divulgado no dia 29 de agosto, a estatal chegava à sexta alta seguida, com preço de R$ 2,1079 por litro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 15 de Setembro de 2019
Sábado, 14 de Setembro de 2019
20:45
Loterias
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Sexta, 13 de Setembro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)