Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/06/2006 08:32

Preço da carne bovina não sofre pressão do exterior

Rede Rural

A crise que os criadores de gado bovino enfrentam no Brasil parece não ser compartilhada por frigoríficos e exportadores. Ao contrário, eles até se beneficiam com as dificuldades dos pecuaristas. Enquanto a arroba do boi no mercado interno é vendida a algo em torno de R$ 45, no mercado externo ela é paga, em média, a R$ 86, valor que corresponde a US$ 2,640 (dois mil, seiscentos e quarenta dólares) por tonelada de carne. Uma situação que tem sido insistentemente denunciada por entidades como a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, a CNA.

O que se constata a partir de dados que constam da Pesquisa Trimestral do Abate do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada ontem é que nem as cotações do produto nem as ocorrências de febre aftosa no Brasil prejudicaram a comercialização ou os preços da carne bovina no exterior. O abate de boi no primeiro trimestre deste ano cresceu 3,25% em relação ao quarto trimestre de 2005 e aumentou 9,84% em relação ao primeiro trimestre de 2005, de acordo com a pesquisa do IBGE.

Foram abatidas 7,081 milhões de cabeças de bovinos, levando-se em conta que a pesquisa acompanha o abate efetuado por estabelecimentos que recebem algum tipo de inspeção, seja municipal, estadual ou federal. Do total de abates, Mato Grosso concentrou 16% do abate total de bovinos; São Paulo, 13%; e Mato Grosso do Sul, 12%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)