Cassilândia, Sábado, 26 de Maio de 2018

Últimas Notícias

20/03/2015 14:29

Prazo para uso de agrotóxico contra lagarta em lavouras é prorrogado por 1 ano

Campo Grande News

O Mapa (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento) prorrogou para 18 de março de 2016 o prazo em que está autorizado o uso emergencial de agrotóxicos para o controle da praga Helicoverpa armigera nas culturas de soja, milho e algodão.

Mato Grosso do Sul está na condição de emergência fitossanitária para a lagarta, que pode causar prejuízos a produção. Estão na mesma situação Alagoas, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Maranhão e Mato Grosso. A Instrução Normativa, que oficializa a prorrogação do período foi publicada no DOU (Diário Oficial da União), nesta quinta-feira (19).

De acordo com o Mapa, os principais produtos utilizados para o controle da praga são os que têm ingredientes ativos, como o Bacillus thuringiensis e o Baculovírus na composição. Esse último é responsável por agir diretamente no sistema digestivo da lagarta. Esses produtos foram mencionados no ato nº 15, do ministério, em 2013.

Para o controle da praga, o Mapa instituiu o Grupo de Gerenciamento Situacional da Emergência Fitossanitária e priorizou a análise dos processos que possibilitam o emprego de novos produtos para controle da praga. “O grupo tem o objetivo de identificar, propor e articular a implementação de ações emergenciais, ágeis e eficazes para contenção da praga, a fim de assegurar o completo restabelecimento da normalidade produtiva”, comenta o fiscal federal agropecuário Ériko Tadashi.

Parga - A Helicoverpa armigera é uma espécie extremamente polífaga, ou seja, nutre-se de diferentes alimentos. As larvas da praga foram registradas em mais de 60 espécies de plantas cultivadas e silvestres e em cerca de 67 famílias hospedeiras. Conforme o Mapa, estima-se que na safra 2012/2013 de grãos e fibras da Bahia, por exemplo, os prejuízos causados pela praga foram de 2 bilhões de reais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)