Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/04/2015 08:49

Prazo de pagamento da contribuição sindical rural termina em maio

Dourados News
Prazo de pagamento da contribuição sindical rural termina em maio

Termina no dia 22 de maio o prazo para que os produtores rurais façam o pagamento da Contribuição Sindical Rural – pessoa física. A Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul) aponta que mais de 17 mil devem realizar o pagamento no estado.

O diretor administrativo e financeiro da Famasul, Artur Quintella, reforça que os recursos são utilizados em serviços voltados para atender as necessidades dos produtores.

"Antes de mais nada, independente do tamanho de sua propriedade, o produtor precisa saber que o montante é aplicado na prestação de serviços ao setor, ou seja, na própria representação e defesa da classe, o que exige um estrutura forte e ágil. Com isso, conseguimos atender as demandas dos setores, no que se refere a questões fundiárias, meio ambiente, trabalho e providência , logística e infraestrutura, alem de atuar junto às lideranças políticas locais, estaduais e nacionais, é preciso conquistar o respeito do mercado internacional".

Do montante arrecadado com o tributo, 20% do valor são destinados ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), 60% aos Sindicatos Rurais, 15% à Federação de Agricultura do estado e 5% à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Para facilitar os procedimentos em relação à contribuição, a CNA publicou uma página especial.

Apesar da distância do prazo final para o pagamento do tributo, Quintella destaca também que caso o produtor não tenha recebido a correspondência em casa ou se tiver alguma dúvida pode entrar em contato com departamento de arrecadação da Famasul, pelo telefone (67) 3320 -9700.

A Contribuição Sindical Rural é obrigatória a todos os produtores rurais com propriedades acima de dois módulos ou que desenvolvam qualquer atividade rural, ou ainda aqueles que tenham propriedades arrendadas ou possuam funcionários.

O cálculo é realizado com base nas informações declaradas à Receita Federal por meio do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR). O não recolhimento da taxa resulta em multa, juros e correção do valor.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)