Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/01/2007 15:14

Pratini acumula cargo em MS com presidência da Abiec

Humberto Marques e Graciliano Rocha / Campo Grande News

O presidente do Conselho Extraordinário de Relações Nacionais e Internacionais para o Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso do Sul, Marcus Vinicius Pratini de Moraes, elencou suas duas prioridades à frente do órgão criado pelo novo governador, André Puccinelli (PMDB): a recuperação do status de área livre de febre aftosa com vacinação e a promoção das potencialidades do Estado no mercado externo.

Pratini de Moraes anunciou a concentração dos esforços nessas duas frentes após reunião, no início da tarde de hoje, com o “miolo” da nova administração estadual, quando também anunciou um nome de sua equipe: o ex-diretor-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Antônio Camargo Neto, que também trabalha com o presidente do Conselho na Abiec (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne).

Moraes afirmou, ainda, que continuará à frente da Abiec enquanto ocupar a presidência do Conselho Extraordinário. “Não vou deixar a entidade porque a Abiec pode ajudar muito Mato Grosso do Sul”, ressaltou o ex-titular do Mapa na gestão de Fernando Henrique Cardoso.

O presidente informou que seu trabalho à frente do órgão estadual já começou, com a realização de contatos com a Organização Internacional de Epizootias e com a Organização Mundial do Comércio. O teor dessas conversas não foi especificado por Pratini de Moraes.

Pratini de Moraes chega a Mato Grosso do Sul com as bênçãos do setor agropecuário estadual, e pregando a objetividade em suas ações. Inclusive no trabalho burocrático: segundo o ex-ministro, ele possui duas manias: a de não ler textos cujo conteúdo tenha mais de 15% de adjetivos e que possua muitos advérbios de modo, como “especialmente”.

O presidente também informou ter achado graça com uma notícia onde foi apresentado como produtor rural. Moraes informou que possui apenas uma propriedade de 214 hectares em Viamão/RS, onde cultiva árvores.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)