Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/08/2005 07:36

PPS, PV e PDT discutirão impeachment com oposição

Agência Câmara

Após reunião conjunta, o presidente do PPS, deputado Roberto Freire (PE); e os líderes do PV, Marcelo Ortiz (SP), e do PDT, Severiano Alves (BA), decidiram participar de encontro com o PSDB e PFL, na segunda-feira (15), para analisar o agravamento da crise política e a possibilidade de pedido de impeachment do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
O deputado Roberto Freire defendeu a punição de todos aqueles que as investigações das comissões parlamentares mistas de inquérito, do Ministério Público e da Polícia Federal comprovarem o envolvimento, para que sejam restauradas a legitimidade, a confiança e a credibilidade nos poderes e nas instituições da República. Roberto Freire acredita que a busca de um caminho único, acima das diferenças entre os partidos políticos, é a melhor forma de enfrentar a crise.
O presidente do PPS considera que a oposição tem demonstrado responsabilidade em todo o processo. "Ninguém quer que tenhamos de intervir com o remédio extremo do impeachment. Mas, infelizmente, se isso vier a se caracterizar, também a oposição terá a responsabilidade devida para enfrentar", analisa.

Sem precipitação
O líder do PDT concorda que o momento inspira cuidados, e os partidos precisam estudar alternativas ao impeachment do presidente Lula. "Ninguém quer ver o presidente Lula fora do Palácio do Planalto. As denúncias do publicitário Duda Mendonça são fortes, mas precisam ser investigadas. Se for comprovada a veracidade dos fatos, inevitavelmente haverá o pedido de impeachment", declarou.
Severiano Alves avalia que a discussão sobre o pedido de afastamento do presidente Lula não será feita de maneira precipitada. "Queremos afinar o entendimento com os demais partidos", observou.
O deputado Sarney Filho (PV-MA) lembrou que, no caso do impeachment do então presidente Collor, ninguém chegou a ser verdadeiramente punido ou preso. Talvez por isso, em sua avaliação, o Brasil esteja enfrentando uma crise sistêmica. Para Sarney Filho, se agora os culpados também não forem punidos, crises semelhantes poderão ocorrer em pouco tempo e repetidas vezes.
O deputado do PV disse que o melhor a fazer no momento seria pedir ajuda internacional, inclusive da Interpol, para tentar rastrear as contas de Duda Mendonça no exterior.

O encontro entre os partidos de oposição está previsto para as 16 horas, no auditório da liderança do PFL, no Senado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)