Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/01/2010 01:07

Pousada soterrada não estava irregular,afirma Prefeitura

Agência Brasil/ Luiz Augusto Gollo

As informações sobre irregularidades na construção e ampliação da Pousada Sankay, soterrada por um deslizamento de terra na madrugada de hoje (1º), na Praia do Bananal, em Ilha Grande, foram negadas pelo secretário de Obras da prefeitura de Angra dos Reis, Ricardo Tebet.

“A pousada tem pelo menos 20 anos, era de uma família japonesa, não tinha nada de irregular”, afirmou, enfatizando que as chuvas que atingiram a região durante 40 horas foram o equivalente a mais da metade dos quase 200 milímetros verificados em todo o mês passado.

“O arrasto de terra e pedra foi de mais de 50 metros, é até maldade falar em situação irregular diante de um desastre como este. A Defesa Civil da prefeitura já está fazendo o levantamento de imóveis em situação de risco, que são 146 até o momento, a grande maioria da população de baixa renda”, completou.

A Pousada Sankay foi adquirida em 1994 pelo casal Sônia e Geraldo Faraci, que trocou Belo Horizonte pelo litoral fluminense. Considerada uma das mais luxuosas e caras da região, a Sankay oferecia suítes e apartamentos com o conforto comum aos melhores endereços turísticos.

Em suas acomodações, a pousada oferecia “ventiladores, ar condicionado, frigobar, varanda com rede, parabólica, secador de cabelo, espelho de aumento para maquilagem e banho quente 24 horas”, segundo propaganda própria. Dispunha também de biblioteca, lareira, sala de TV e vídeo/karaokê, sala de jogos, sauna a vapor, sala de ginástica e musculação, playground para crianças e piscina.

A Sankay tinha cinco tipos de suítes, com diárias entre R$ 390 e R$ 540 na alta temporada para o casal, incluindo café da manhã e jantar, passeios de barco e dois para a cidade de Angra dos Reis.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)