Cassilândia, Terça-feira, 25 de Julho de 2017

Últimas Notícias

01/09/2004 14:10

Portaria proibe debates de candidatos em escolas

TRE/MS

O Juiz da 36ª Zona Eleitoral, Vilson Bertelli, baixou portaria hoje, vedando a realização de debates e entrevistas com candidatos às eleições municipais, majoritárias e proporcionais, promovidas pelos estabelecimentos de ensino de Campo Grande, nos prédios em que funcionam, sejam públicos ou privados. A proibição atinge os estabelecimentos de ensino, públicos ou privados, de nível básico, médio e superior.

Com a portaria está também vedada qualquer outra manifestação de propaganda política nos prédios públicos em que funcionam esses estabelecimentos de ensino, especialmente durante o horário de funcionamento das atividades acadêmicas.

Os diretores e responsáveis pelos estabelecimentos de ensino devem tomar todas as providências para impedir e fazer cessar imediatamente a propaganda realizada com infração do disposto nesta Portaria.

Para quem descumprir as regras da portaria poderão ser aplicadas as sanções legalmente previstas no § 7º do art. 14 (multa até R$ 15.961,50), e § 7º, do art. 43 (multa até R$ 106.410,00), da Resolução 21.610, do TSE, além da possibilidade de configurar crime de desobediência às determinações da Justiça Eleitoral.

Bertelli baixou a portaria tendo em vista a ocorrência de denúncias de que estariam sendo feitas campanhas de candidatos nos horários de aulas nas escolas públicas da Capital, e por considerar que a Justiça Eleitoral deve zelar pela observância e cumprimento do princípio da igualdade entre os candidatos.

Apesar da legislação eleitoral não regulamenta os debates e entrevistas feitos fora da televisão e do rádio, segundo Bertelli, o artigo 14 da Resolução 21.610, do TSE veda a propaganda a propaganda eleitoral nos bens cujo uso dependa de cessão ou da permissão do poder público. Assim, considerando que os prédios onde funcionam os estabelecimentos estaduais e municipais de ensino são bens públicos de uso especial, e que os estabelecimentos de ensino particular por recebem uma delegação do Poder Público para o exercício de função pública também são bens públicos, está vedado fazer debates e entrevistas nesses estabelecimentos.

A Portaria entrará em vigor na data da sua publicação no Diário da Justiça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 25 de Julho de 2017
10:00
Receita do dia
06:34
Cassilândia
Segunda, 24 de Julho de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)