Cassilândia, Sábado, 25 de Maio de 2019

Últimas Notícias

03/04/2019 17:12

Portaria do Ministério da Agricultura proíbe comercialização de vacinas de 5 ml

Assessoria

Campo Grande (MS) – Uma portaria do Ministério da Agricultura publicada nesta terça-feira, dia 02, proíbe a comercialização de vacina contra Aftosa de doses de 5 ml. O documento é uma resposta aos questionamentos das agências de defesa sobre a destinação dessas vacinas que estão em estoque nas revendas.

Segundo o Diretor Presidente da Iagro, Luciano Chiochetta, o comunicado cita um memorando anterior, que ajustava procedimentos de transição para redução da dose de 5 para 2 ml .


O diretor não descarta a possibilidade de exceções.


A portaria ainda orienta que qualquer vacina em estoque remanescente deverá ser recolhida pelo Sindan, cabendo à Iagro apenas o acompanhamento.


Às revendas, Luciano orienta que em caso de dúvidas procurem os distribuidores ou laboratórios.


A redução na dose diminui a possibilidade de reações nos animais (caroços, inchaço). Além disso, frascos menores, ocupam menos espaço, facilitando o transporte e reduzindo o custo de refrigeração.


A alteração da dosagem da vacina - hoje obrigatória em bovinos e bubalinos - e sua retirada definitiva em todo País fazem parte do Plano Estratégico 2017-2026 do Programa Nacional de Febre Aftosa (PNEFA) que busca a mudança de status para 'livre de febre aftosa sem vacinação'.

Katiuscia Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 25 de Maio de 2019
11:34
Cassilândia
10:00
Receita do Dia
Sexta, 24 de Maio de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)