Cassilândia, Domingo, 25 de Junho de 2017

Últimas Notícias

23/06/2006 10:31

Portaria dá 120 dias para padarias venderem pão por kg

Fernanda Mathias e Aline Queiroz / Campo Grande News

Foi publicada ontem no DOU (Diário Oficial da União) a portaria de nº 146 do Inmeto (Instituto Nacional de Metrologia), que dá 120 dias para que panificadoras comercializem o pão francês por quilo e não mais por unidade. Alguns estabelecimentos já se adequaram e há outros que mesmo sabendo que a mudança viria preferiram esperar com receio da aceitação do público não ser boa.

Sócio-proprietário da Pão Bento, Fernando Figueiredo, afirma que há 3 anos o estabelecimento já adota a venda por quilo e acredita que seja a forma mais interessante para que o consumidor e o próprio empresário não saiam perdendo.

Isso, afirma, porque na venda por unidade o pão precisa ter no mínimo 50 gramas, mas algumas vezes o produto sai menor e em outras com peso maior. “Quando mudamos fomos o primeiro a implantar o sistema por peso em Campo Grande. No começo a gente explicava ao cliente que estaria pagando um preço mais justo e a aceitação foi boa”, diz.

O proprietário da Monte Líbano, Hélio Carlos Nantes, disse que a mudança tem dois aspectos: um bom e outro ruim. “Será melhor porque vou deixar de tomar prejuízo, porque faço pão maior que 50 gramas para não correr risco de fazer menor”, afirma. Porém, acredita, a aceitação da clientela pode ser baixa porque o tempo de atendimento deve aumentar, com a necessidade da pesagem.

“O cliente é muito exigente e não suporta esperar”, afirma. Ele diz que está preparado para mudar de imediato, por ter balanças e atendentes suficientes. Diz que ainda não o fez porque até então não havia determinação e que chegou a fazer um teste vendendo a peso, mas os clientes reclamaram da demora. O preço do pão é livre, mas considerando que a unidade no atual sistema tem de ter 50 gramas, o quilo deve equivaler nesta lógica ao custo de 20 pães franceses.

A portaria determina que o estabelecimento indique o preço a ser pago pelo quilograma do pão francês, ou de sal em letras graúdas, de pelo menos 5 centímetros de altura. O cartaz deve ser afixado próximo ao balcão de venda e em local de fácil visualização pelo consumidor.

Também são especificadas as características da balança para ser usada na medição do pão. Deve ter pelo menos menor divisão igual ou menor a 5 gramas e indicação de massa medida (peso) e do preço a pagar.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Sexta, 23 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)