Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

26/07/2004 14:12

Portaria amplia locais para entrega de armas

Marta Ferreira / Campo Grande News

Saiu no Diário Oficial da União desta segunda-feira a portaria do Ministério da Justiça que autoriza a Polícia Federal a fazer convênios com outras instituições e entidades não governamentais para receber armas entregues pela população, como parte da campanha de desarmamento iniciada há 15 dias pelo governo federal. Quem devolver armas até o fim deste ano vai receber uma indenização cujo valor pode ser de até R$ 300,00, como prevê o Estatuto do Desarmamento.
A portaria pemite que, além da policias estaduais, entidades como as igrejas possam recolher as armas. Para isso, preciso procurar Polícia Federal e formalizar um convênio. O convênio precisa ter o nome especificado das pessoas que vão ficar responsáveis por receber as armas. As conveniadas também poderão emitir a guia de transporte para os donos das armas poderem transportar os objetos de casa até os locais de entrega, sem sofrer punições. O Estatuto do Desarmamento, que entrou em vigor no fim do ano passado proibiu o porto, agora restrito a profissionais da área de segurança e pessoas que estejam com a integridade física ameaçada.
Em Mato Grosso do Sul, até a semana passada já haviam sido entregues mais de 350 armas às unidades da Polícia Federal. A portaria que amplia os locais onde podem ser entregues as armas dá prazo de cinco dias para que elas sejam entregues à Polícia Federal, que depois repassa ao Exército.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 28 de Maio de 2018
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)