Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

31/08/2004 16:42

Portadores de sífilis terão nova opção de tratamento

Márcia Wonghon /ABr

Recife - Os portadores de sífilis (doença provocada por bactéria) que fazem tratamento com penicilina injetável, aplicada somente em hospitais dotados de serviços de emergência por causa do risco de choque anafilático, têm agora uma nova opção de medicamento.

Trata-se da azitromicina, substância administrada por via oral, com prescrição de um comprimido por semana, durante três semanas. Um estudo clínico realizado recentemente com pacientes de seis estados brasileiros constatou a eficácia do produto, que também serve para combater a gonorréia e a clamídia.

O uso regular do medicamento no Sistema Único de Saúde (SUS), como alternativa à penicilina, é uma das recomendações do projeto “Elimina Sífilis”, que será lançado amanhã (1) pela Sociedade Brasileira de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids, durante Congresso no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

De acordo com Mauro Passon, presidente da instituição, a vantagem é que o paciente pode levar o remédio para casa, sem precisar ir a uma unidade hospitalar para aplicar a penicilina. Ele disse que o programa “Elimina sífilis” tem como meta conscientizar a população de que a doença está presente e tem cura. Acrescentou que o problema da propagação da doença só será resolvido quando o processo de educação e saúde for evoluindo, com uso de preservativos, métodos anticoncepcionais e exames ginecológicos, para agilizar o diagnóstico e promover o tratamento.

O presidente da Sociedade Brasileira de DST/Aids, regional Pernambuco, Carlos Alberto Sá Marques, explicou que a sífilis começa com uma pequena ferida nos órgãos genitais, tanto masculino quanto feminino. “A lesão pode cicatrizar espontaneamente ou evoluir também para doenças de pele, resultando, muitas vezes, em manifestações cardiovasculares e neurológicas.
Dados do Ministério da Saúde indicam notificações de 900 mil novos casos de sífilis por ano no país.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)