Cassilândia, Sábado, 21 de Setembro de 2019

Últimas Notícias

08/07/2018 17:30

Por que sentimos o corpo travado nas primeiras horas do dia?

Ativo.com

Quem costuma sair cedo da cama e dedica os primeiros momentos do dia à corrida sabe que o início do exercício não é fácil. A sensação é de que a corrida não flui e o corpo está travado, com os músculos rígidos. Mas o que explica essa dificuldade de encaixar o ritmo nos minutos iniciais de uma corrida matinal?

Ao iniciarmos uma atividade, nosso corpo passa por uma série de transformações, deixando o estado de repouso e aumentando a produção de neurotransmissores como a serotonina, responsável pela sensação de bem-estar e prazer. Essa reação hormonal realiza ajustes em diversos órgãos e sistemas do aparelho locomotor, aumentando a produção de energia em nosso corpo.

“Após uma noite de sono, o corpo está em estado de relaxamento. Requer um certo tempo para ativar novamente essa musculatura. A taxa glicêmica está baixa pela manhã, o que colabora para essa sensação de letargia e faz com que o corpo não corresponda como pode”, explica a fisiologista Alessandra Masi.

A parte hormonal também influencia nessa letargia e músculos rígidos, segundo Masi. Se o nível de cortisol estiver desregulado, não há energia para a realização da atividade física. Alguns atletas recorrem à reposição hormonal receitada por alguns médicos para que o nível de cortisol seja o adequado para a prática do exercício.

Indispensável para a realização de qualquer atividade física, o aquecimento provoca o aumento do fluxo sanguíneo, condição que eleva a temperatura corporal e prepara os grupos musculares para o exercício mais intenso. Entre cinco e dez minutos de caminhada ou corrida em um ritmo moderado, inferior ao que o atleta está acostumado, já são suficientes para espantar a sensação de músculos rígidos.

“Os primeiros minutos de um treino devem ser dedicados ao aquecimento, para que o corredor tenha a percepção de que está pronto para realizar seu treino na intensidade desejada. Um exemplo mais exato para isso: se uma pessoa corre num pace de 6 min/km, os primeiros 2 km podem servir como aquecimento. Assim, um ritmo de 6:40 ou 6:50 já ajuda nessa transição e faz com que não haja risco de lesão”, recomenda o treinador Vanilson Neves, da Subelite Assessoria Esportiva, em São Paulo (SP).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 21 de Setembro de 2019
Sexta, 20 de Setembro de 2019
10:00
Receita do Dia
Quinta, 19 de Setembro de 2019
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)